Abraço escola Wolfram Venâncio Aires
Professores da escola Wolfram trocaram abraços através de plásticos, para evitar o contato direto, mas matar a saudade (Foto: Divulgação)

A reunião pedagógica da Escola Estadual de Ensino Médio Wolfram Metzler, na segunda-feira, 1º, foi marcada por um abraço diferente. Depois de dois meses sem contato físico, os professores se reuniram para discutir o planejamento das próximas aulas on-line. Mas, para marcar esse encontro, teve o caloroso abraço, porém, com uma cortina de plástico que separou as pessoas.

Segundo o diretor Arno Romeu Rodrigues Junior, essa ideia surgiu de uma supervisora, que viu na internet. “Somos uma família, aqui na escola sempre tivemos o hábito de nos abraçar, então queríamos matar um pouco da saudade e assim conseguimos”, afirma. Ele destaca que foram tomados todos cuidados de higiene. “Todos usaram máscaras, passaram álcool e ficaram distantes.”

“O abraço faz falta, ainda mais em um época difícil, por isso tivemos a ideia de compartilhar arinho dessa forma e foi animador.”

ARNO ROMEU RODRIGUES JUNIOR – Diretor da Escola Wolfram Metzler

O abraço aconteceu em uma porta, que tinha um plástico, e as pessoas se abraçavam com o material no meio, para evitar o contato direto. “A cada abraçado passamos álcool para evitar qualquer contágio”, explica o gestor, que estava com saudade de ver os colegas.

Além disso, a reunião contou com a presença de alguns alunos, mas a distância, porque eles mandaram vídeos para os docentes. “Os alunos falavam sobre estar com saudade da escola, dos colegas e dos professores. Também motivavam a categoria para ter pensamentos positivos que logo vamos voltar”, relata. O diretor acredita que aos poucos serão retomadas as aulas. “É importante essa retomada gradual, contudo, temos que ter todos cuidados de higiene.”

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome