Colégio Bom Jesus reabre nesta terça-feira

-

O Colégio Bom Jesus anunciou para esta terça-feira, 15, o retorno das atividades presenciais. Assim como as demais instituições particulares de Venâncio Aires que já retomaram as aulas na última semana, a volta contempla apenas a Educação Infantil. O colégio decidiu voltar amanhã porque dependia, também, da aprovação da mantenedora, que fica em Curitiba.

Das 54 matrículas nos níveis B, C e D (crianças entre 3 e 5 anos), todas voltarão a frequentar a sala de aula, mas será um grupo em cada semana. Dessa forma, 27 (definidos por ordem alfabética) vão para a escola nesta semana. Na semana seguinte, serão os outros 27, mantendo uma rotina alternada.

Segundo a diretora Inês Schwertner, será mantido o sistema de ensino ‘híbrido’ e o on-line segue todo dia. “Nesse revezamento de turmas, mesmo quem está um casa, na aula on-line, terá contato com os colegas e professora que estiverem na escola. Montamos estrutura para isso.”

Inês destacou também que o colégio teve o plano de contingência aprovado pelo Centro de Operações Emergenciais de Saúde para a Educação (COE-E) Municipal, além de um protocolo próprio elaborado pela rede de ensino.

Oliveira

Outro colégio que oferece Educação Infantil, o Oliveira Castilhos, por enquanto não tem previsão de retorno das aulas presenciais. “Vamos aguardar mais um pouco. A maioria dos pais entende que ainda não é seguro. Então vamos esperar”, informou Engelberto Henn, presidente da Cooperativa de Profissionais em Educação de Venâncio Aires (Coopeva), que mantém o Oliveira.

Já o Gaspar Silveira Martins retomou o atendimento presencial na semana passada. Mas voltou apenas com o turno inverso e as aulas regulares seguem on-line.

Gradual

  • Das oito escolas da rede privada de Educação Infantil, apenas a Primeiros Passos não tinha reaberto as portas na semana passada. Mas, a partir desta quarta-feira, 16, já terá atendimento.
  • Segundo a diretora Ingrid Stumm, somente seis alunos das 50 matrículas anteriores, vão para a sala de aula. “Fizemos essa opção de atender, no primeiro momento, só realmente quem precisa. A ideia é ir aumentado gradativamente, ainda em outubro, até chegar à metade da nossa capacidade.”
  • Quem também sinaliza com uma possível volta é a Escola de Educação Infantil Casa da Amizade, que funciona junto ao Hospital São Sebastião Mártir (HSSM). Mas, segundo a direção, isso ainda depende do retorno dos pais, o que deve ser definido até a próxima sexta, 18.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes