Coronel Zucco visitou a escola ontem à tarde (Foto: Alvaro Pegoraro)

O deputado estadual tenente-coronel Zucco (PSL) veio ontem à tarde a Venâncio Aires prestigiar a adesão do Município ao modelo de escola cívico-militar. Acompanhado por sua comitiva, pelo secretário municipal de Segurança, Dário dos Santos Martins e pela secretária de Educação, Alice Theis, foi conhecer as instalações da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Cidade Nova, a primeira a adotar o modelo de escola cívico-militar da área de abrangência da 6ª Coordenadoria Regional de Educação (6ª CRE).

Atencioso, o coronel Zucco destacou que a partir de agora a Emef passa a se chamar Escola Municipal Cívico-Militar Cidade Nova. “É um novo modelo de educação. Venâncio Aires terá uma escola cívico-militar, primando pelo respeito aos educadores”, citou o coronel Zucco.

Ainda segundo ele, uma das mudanças será o uso de uniforme. O parlamentar observou que a Prefeitura é que definirá como será o uniforme, mas um das possibilidades é que seja semelhante ao usado pela Brigada Militar. “Com a bandeira do Município de um lado e do estado do outro”, salientou. Zucco também enalteceu o fato da escola ter espaço para reunir os alunos para cantar o Hino Nacional, por exemplo.

Presente na visita, a diretora da escola, Rosemeri Cecília Beier, relatou que a comunidade aguarda ansiosa o início das atividades. “Fizemos reuniões com a comunidade escolar e o novo modelo foi aceito e por isso corremos atrás”, argumentou. Segundo ela, as vagas serão distribuídas para os cerca de 150 alunos do 6º ao 9º anos da Cidade Nova. No total, a escola tem 288 alunos.

Rosemeri também destacou que a administração da escola seguira sendo dela e da sua equipe diretiva. “A principal mudança será na conduta dos nossos alunos e na segurança que isso nos trará”, frisou a diretora. Também acompanharam a visita a capitã Michele da Silva Vargas, o tenente Leandro Altermann e o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, além de outros educadores da escola.

Antes da chegada do deputado, a secretária de Educação se reuniu com a equipe diretiva da escola e com o secretário Dário Martins, para tratar da formalização de documentos. Alice Theis explicou que neste momento, estão sendo definidas as questões teórico-praticas.

Como vai funcionar

A implantação do modelo ocorre a partir de convênio do Município com o Estado. Dois militares da reserva atuarão na escola e serão responsáveis conduta dos alunos. “Não haverá mudança pedagógica, ou seja, os atuais profissionais do educandário serão mantidos”, esclarece a secretária Alice Theis.

A contratação dos dois brigadianos ficará a cargo da Prefeitura. “Assim como as despesas de uniformes, quando forem instituídos”, explica Alice. Ela afirma que, por enquanto, não há a possibilidade da implantação do modelo cívico-militar em outras escolas da rede municipal, já que a Cidade Nova será escola-piloto do Município.

Saiba mais

Inicialmente, o Estado receberia duas escolas cívico-militar. Mas por intervenção do deputado tenente-coronel Zucco, o RS receberá cinco escolas cívico militares do Ministério da Educação, nas cidades de Alegrete, Alvorada, Caxias do Sul, Bagé e Uruguaiana. As três primeiras são convênio entre Estado e União; as outras são convênio entre município e Estado. O Deputado Zucco apresentou ao Governo do RS a possibilidade de municípios criarem suas próprias escolas cívico-militares, tendo sido alterada a lei de forma a permitir que militares da reserva possam exercer as funções de monitoria. Assim, abriu-se a possibilidade para que todos os municípios tenham suas escolas, desde que a administração municipal assim o queira. Além de Venâncio Aires, manifestaram interesse junto à Secretaria de Educação do RS os municípios de
Encantado, São Miguel das Missões, Canela, Flores da Cunha, Jaguarão, Torres, Tramandaí, Santa Rosa, Sapiranga, Santo Antônio da Patrulha, Cruz Alta, Sananduva, Terra de Areia, Entre Rios do Sul, Lagoa vermelha, Vera Cruz, Santiago, Antônio Prado, Bento Gonçalves, Piratini, Lajeado, Coronel Bicaco, Salto do Jacuí, General Câmara, Santa Rosa, São Lourenço do Sul, Cacequi e Alvorada.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome