Estudantes da Emef Dom Pedro II, de Linha Hansel, apresentarão pesquisa sobre lixo eletrônico em março, na Expoagro (Foto: Ana Carolina Becker/Folha do Mate)

Venâncio Aires estará representado na XI Mostra Científica Sul-Brasileira Verde é Vida que ocorre durante a 20ª Expoagro Afubra, de 18 a 21 de março de 2020. As estudantes do 8° ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Dom Pedro II, de Linha Hansel, Amanda Vogt de Medeiros, 13 anos, e Larissa Weber, de 14 anos, foram premiadas ontem, após um dia de apresentações dos sete trabalhos participantes da etapa regional que integra os municípios de Venâncio Aires, Mato Leitão, Sério, Boqueirão do Leão e Arroio do Meio. As sete pesquisas científicas classificadas para esta segunda fase haviam sido escolhidas em julho, em Sério, e, ontem, novamente, foram apresentadas pelos alunos.

As alunas vencedoras apresentaram o projeto denominado ‘Lixo Eletrônico’. Desenvolvido com orientação da professora de matemática Simone Kirst Hoffmann, as vencedoras contam que tinham o desejo de trabalhar algo atual, sendo assim, optaram pelos eletrônicos e pelo lixo. “O eletrônico está muito presente em nosso dia a dia e o lixo é um problema que é necessário enfrentar”, destacam. Ao unir os dois, começaram a elaborar o trabalho sempre nos turnos opostos aos das aulas, paralelo à isso, percorreram órgãos municipais para conhecer o trabalho feito com esse resíduo e tiveram a oportunidade de vistar a Maringa Metais, em Santa Maria. “Nós também conhecemos e estudamos leis existentes a respeito, conhecemos os riscos desses materiais descartados têm para a saúde e meio ambiente”, pontuam.

Dentro da escola, Amanda e Larissa desenvolveram semanas para o descarte e conscientização sobre o risco desses materiais. Segundo elas, a intenção é promover, em outubro, um novo momento de recolhimento.

A partir de agora, as estudantes continuam trabalhando no projeto. “É emocionante ver esse reconhecimento e ter acompanhado passo a passo o trabalho delas”, destaca a professora orientadora. O coordenador pedagógico do projeto Verde é Vida, José Leon Macedo Fernandes, lembra que a Emef Dom Pedro II está há 17 anos integrando o projeto desenvolvido pela Afubra.

ALUNAS

Amanda é filha de Cristiano Flores de Medeiros e Samara Ana Vogt e reside em Linha Santa Cruz. Larissa é moradora de Linha Tangerinas e filha de Leonardo Luís Weber e Lisete Inês Baierle Weber.

Amanda e Larissa foram vencedoras com o projeto do Lixo Eletrônico (Foto: Ana Carolina Becker/Folha do Mate)

TRABALHOS APRESENTADOS 

  • Sistema de tratamento para efluentes líquidos industriais, da escola Adélia Corbellini, de Sério, das alunas Carline Becker e Ana Julia Wollmann;
  • Composteira, por quê?, da escola Adélia Corbellini, de Sério, das alunas Emanuelle Stoll e Kellin Yasmin Kaiper Monteiro;
    Goiaba serrana, da escola Adolfo Mânica, de Boqueirão do Leão, das alunas Alanis Possamae e Michele Soares;
  • Sem abelhas, sem alimentos, da escola Marino da Silva Gravina, de Boqueirão do Leão, das alunas Ana Julia Soares Leite Schena e Erica Klaus;
  • Kefir, como a magia acontece, da escola Dom Pedro II, de Venâncio Aires, das alunas Daniela Stein da Silveira e Claudia Luana Santiago;
  • Lixo eletrônico, da escola Dom Pedro II, de Venâncio Aires, das alunas Amanda Vogt de Medeiros e Larissa Weber;
  • Manejo integrado de pragas (MIP), da escola Dom Pedro II, de Venâncio Aires, das alunas Ana Laura Vieira de Borba e Antônia Junqueira da Silveira.
Sete projetos foram apresentados ontem, na Secretaria de Educação (Foto: Ana Carolina Becker/Folha do Mate)

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome