Grupo Ueba, de Caxias do Sul, se apresenta no ginásio da escola na segunda-feira, 25 (Foto: Divulgação/Grupo Ueba)

Na cidade de “Xiasca Lusdo”, um estranho caso começa a chamar atenção dos habitantes. Da noite para o dia, começam a sumir as letras, as palavras e até os livros, deixando todos estarrecidos com a situação. É com este roteiro lúdico que a peça teatral ‘O incrível caso do sumiço das letras’, do Grupo Ueba, de Caxias do Sul, será apresentada aos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Alfredo Scherer na tarde de segunda-feira, 25, a partir das 14h30min.

A iniciativa faz parte do projeto cultural Pró-biblioteca, da Editora L&PM, viabilizada no município pelo programa “Abre Aspas”, da Alliance One e da China Brasil Tabacos, com o objetivo de promover o hábito da leitura. Além do teatro, a Alfredo Scherer e as escolas estaduais Professora Helena Bohn, Adelina Isabela Konzen e Miguel Macedo de Campos recebem, durante a semana, 200 livros cada. São exemplares de literatura infantil e infanto-juvenil, nacional e estrangeira, escolhidos seguindo as exigências pedagógicas de ensino, com a curadoria da Editora L&PM.

“Acreditamos no poder transformador da leitura para compreensão do mundo, para conhecer a diversidade e exercitar a empatia, para ampliar a cultura, além de desenvolver uma consciência reflexiva e cidadã”, destaca a gerente de Assuntos Corporativos da Alliance One, Deise Kanitz.

De acordo com um relatório de 2018 do Banco Mundial sobre educação, o Brasil pode levar 260 anos para atingir o mesmo nível de leitura de alguns países desenvolvidos. Com a defasagem de livros nas escolas públicas, essa crise de aprendizagem ainda é agravada. “Projetos desta natureza são exemplos de políticas para reduzir o déficit de aprendizado e aumentar o número de leitores ativos”, afirma Paulo Lima, diretor da L&PM.

ABRE ASPAS

  1. Desde sua fundação, a Alliance One e a China Brasil Tabacos desenvolvem uma série de projetos nos estados da Região Sul, com foco na educação e na erradicação do trabalho infantil.
  2. Em 2019, através de parcerias com diversas instituições, o projeto “Abre Aspas” disponibilizou 6,8 mil livros para 42 escolas dos três estados da Região Sul, da educação infantil ao ensino médio.
  3. Ao total, são mais de 9 mil jovens beneficiados com o acesso aos exemplares. Também foram realizadas cinco oficinas de contação de histórias, com 209 professores capacitados. Já a expectativa com as peças teatrais é de reunir mais 350 crianças.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome