Ginásio da escola foi interditado na semana passada (Foto: Débora Kist/Folha do Mate)

Direção, servidores, pais e alunos da Escola Odila Rosa Scherer saíram da Câmara de Vereadores, nessa segunda-feira, 22, confiantes de que o problema com o ginásio da instituição de ensino será resolvido. Interditado desde a semana passada, o espaço precisa de recuperação e o presidente do Legislativo, Eduardo Kappel (Progressistas), disse durante a sessão que foi procurado pelo prefeito, Giovane Wickert (PSB), e que se comprometeu em liberar cerca de R$ 40 mil para a revitalização do ginásio de esportes.

Ocupando boa parte dos assentos disponíveis no Plenário Vicente Schuck, a comunidade escolar da Odila Rosa Scherer aplaudiu cada manifestação dos parlamentares durante o encontro semanal do Legislativo. Ninguém arredou o pé até o fim da sessão. Pareciam saber que o ‘prêmio’ estava por vir, pois como o presidente é sempre o último a se pronunciar, a confirmação da destinação de recursos para a revitalização do ginásio saiu perto das 22h. “Minha prioridade, agora, era ajudar na compra de uma pá-carregadeira, mas o prefeito falou comigo e vamos priorizar a educação, vai sair a obra no ginásio”, declarou.

LEIA MAIS: Ginásio da escola Odila é interditado

Comunidade escolar acompanhou a sessão da Câmara desta segunda-feira, 22, quando o presidente se comprometeu em repassar valores para a revitalização do ginásio de esportes (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

ALEGRIA X PREOCUPAÇÃO

A diretora da escola, Márcia Hickmann, disse que a comunidade vive, no momento, uma sensação que mistura alegria e preocupação. Apesar do compromisso em relação à liberação dos recursos, a aflição se dá em razão da necessidade de agilidade para a execução das obras no ginásio. “Ficamos felizes, pois este amparo das autoridades era o que queríamos. Só lamentamos que tenha sido após uma mobilização, mas o que importa agora é que o processo seja agilizado”, reforçou. Hoje, em virtude da chuva, a diretora afirmou que estavam todos “de cabelo em pé” na escola, pela falta de um local para recreação.


“Esperamos que o processo seja rápido, pois não temos como ficar sem o ginásio. É uma demanda de três anos, pelo menos, que tivemos que levar ao limite antes de decidir pela interdição.”

MÁRCIA HICKMANN – Diretora da Escola Odila Rosa Scherer


Segundo Márcia, o ginásio de esporte é de extrema importância para a realização de atividades que influenciam diretamente no desenvolvimento dos estudantes. “As crianças precisam de espaço para correr e brincar e, como estamos em um período de baixas temperaturas e chuvas frequentes, nosso ginásio é indispensável”, comentou, acrescentando que três orçamentos para as obras, que já haviam sido encaminhados pela escola, foram repassados à Secretaria de Educação. “Vai sair todo assoalho que tem atualmente e será colocado o piso polido, com pintura emborrachada. Esperamos que isso se resolva logo”, concluiu.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome