Crianças entre um ano e dois e meio ainda são maioria na lista de espera por vagas (Foto: Rosana Wessling/Folha do Mate)

A lista de espera na educação infantil de Venâncio Aires soma cerca de 190 crianças. Embora seja um número considerável, até novembro de 2019 era mais do que o dobro – 435. A maioria tem entre 4 meses e 4 anos, que passa por níveis diferentes na rede municipal.

Na véspera do início do ano letivo, 2020 começa nas Escolas Municipais da Educação Infantil (Emeis) com uma demanda bem menor, mas ainda assim com um ‘quebra-cabeça’ para tentar diminuir a lista ainda mais.

Segundo a coordenadora da Educação Infantil do Município, Claura Stecker, o principal gargalo é o chamado nível 1B, que abrange crianças com média de um ano a dois anos e meio. “Isso não é de agora, sempre foi o mais complicado de resolver, porque abrem poucas vagas e é uma demanda que aparece depois.” Esse ‘depois’ referido é porque há muitas inscrições novas só para esse nível.

Ainda sobre o 1B, há quem esteja na fila há meio ano. “Essas esperas podem durar até mais e aí a criança já pula de nível e é uma nova organização. Mas também é considerada a ‘data de corte’. Então a criança que fizer um ano até 31 de março, já vai para o 1B, o que aumenta o número”, explicou a coordenadora da Educação Infantil.

MEDIDAS

Para dar conta, nesse início de 2020 são 55 vagas compradas em sete escolas particulares, para os níveis 1B, II e III. Em 2019, chegou a 100. Essa ‘compra’ acontece quando o Município é obrigado, através de ordem judicial ou de vulnerabilidade social, atender às urgências.

Outra medida foi a abertura de 18 vagas no nível 1B na Emei Aloisius Paulino Algayer, no bairro Coronel Brito, o que também ajudou a diminuir a lista desse grau. Conforme Claura Stecker, isso foi possível porque as turmas de pré-A e pré-B, que antes estavam na Algayer, agora serão na Escola Estadual Crescer, através de um termo de cessão de uso de uma sala.

O que também diminuiu a lista foi a abertura de três turmas de nível II nas Emeis Arco Íris e Gente Miúda, além do Centro de Assistência Social de Venâncio Aires (Casva).

Reorganização da lista para agilizar chamadas

A Central de Vagas foi reorganizada em 2017 e deixou de ser uma lista única para ser dividida por níveis. Uma mudança importante para agilizar as chamadas diz respeito ao zoneamento. Ele não é mais regra para determinar quem será beneficiado. Ou seja, não importa se o local de moradia é longe da Emei. Vai depender do interesse dos pais.

“Se abre uma vaga, o primeiro da lista é chamado. Ninguém pula na frente e todos têm chance, porque na posição que a criança estiver, ela irá permanecer. O que pode fazer a lista mudar, é uma ordem judicial”, explicou Claura Stecker.

Quem assinar uma desistência de vaga, também sai da fila. Poderá, naturalmente, se reinscrever, mas acaba indo para o fim da fila.

INSCRIÇÕES*

  • A inscrições podem ser feitas durante todo o ano diretamente na Secretaria de Educação. O horário de atendimento é das 7h30min às 16h30min, sem fechar ao meio-dia. A exceção é quarta-feira, quando o expediente é interno.
  • É preciso levar documentos e cópias do comprovante de renda, de residência, RG e CPF dos pais, além da certidão de nascimento, caderneta de vacinação e cartão do SUS da criança, mais os documentos dos irmãos e demais pessoas da residência.
  • A documentação passa por análise de uma comissão composta por servidores de vários setores da Administração, como das secretarias de Desenvolvimento Social e Educação.
  • Estando a documentação de acordo com as exigências, entra para fila de espera, que é pública e está disponível no site da Prefeitura, o que torna possível o acompanhamento por parte dos pais.

*Com informações da Assessoria de Comunicação Prefeitura de Venâncio Aires.

ESPERA

De acordo a lista divulgada no site da Prefeitura, considerando os números de dezembro de 2019, são 87 crianças na fila do nível 1B, 62 no II e duas no III. No nível 1A, aparece como zerado, mas, conforme Claura Stecker, em janeiro já houve novas inscrições – cerca de 40 – , que ainda passarão por análise.

Evento abre ano letivo nas Emeis

A semana é de retorno nas Emeis. Ontem, servidores estiveram nos educandários para reuniões e organização interna. Já nesta terça-feira, 4, ocorre a abertura do ano letivo. O encontro, que deve reunir mais de 400 profissionais, será no Colégio Oliveira Castilhos. O credenciamento é às 8h e a solenidade oficial, com a presença de autoridades municipais, acontece a partir das 8h30min. Haverá palestra-show com o mestre em Teologia, Giovanni Mattiello.

AULAS

A acolhida das crianças nas escolas será a partir desta quarta-feira, 5. As turmas novas, principalmente do nível 1A, serão recepcionadas gradativamente, por conta do processo de adaptação, e serão chamadas aos poucos.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome