Monte das Tabocas quer comemorar centenário de ‘cara nova’ e com livro de histórias

-

A Escola Estadual Monte das Tabocas chegará, em 2022, a uma daquelas idades em que o aniversário não pode passar em branco. Serão 100 anos comemorados no próximo 26 de outubro e, para uma escola cuja trajetória acompanha paralelamente a própria história de Venâncio Aires, se pensou em uma campanha especial.

Com o “100 anos escrevendo histórias”, o educandário quer envolver não só a comunidade escolar, mas a população em geral, empresas, entidades e clubes de serviço. A ideia é mobilizar o maior número de pessoas para que ajudem, financeiramente, com as reformas em toda a estrutura externa da escola, que inclui pintura, cercamento, bancos e jardinagem, por exemplo. “O prédio é da década de 1940 e nunca teve uma reforma como essa que estamos projetando. Queremos dar uma repaginada em toda fachada, porque a escola merece”, destacou a diretora, Marinêz Weizenmann.

Campanha foi apresentada na tarde desta quarta, 23, na escola

O ex-prefeito Giovane Wickert e secretário adjunto de Obras e Habitação do Estado, também participou do lançamento oficial da campanha, na tarde desta quarta-feira, 23. Ele foi um dos que abraçou a causa ainda no ano passado, quando era o titular da pasta estadual e assinou a ordem de retomada das obras internas na escola, que ficaram paradas por mais de dois anos e foram concluídas no início de 2022, com reformas nos pisos, forros e parte elétrica.

“Embora a gente espere do Estado essa responsabilidade, não é ele quem vai plantar uma flor, pintar um banco, dar aquele capricho e carinho que só a comunidade sabe dar. Assim como teve campanhas comunitárias para reformas da igreja, do Museu, da UTI e da Paresp, entendo que a comunidade tem esse compromisso, já que a escola já fez tanto pelo município”, considera Wickert, que estudou no Monte no Ensino Fundamental, entre 1985 e 1993.

Livro

Para marcar o centenário, a Traço D, agência parceira da campanha, vai editar um livro. A publicação, prevista para ser lançada em outubro, vai reunir 100 histórias de pessoas que, de alguma forma, fizeram parte da trajetória.

“A ideia é valorizar e preservar essas memórias. E para qualquer pessoa que doar a partir de R$ 150 e se cadastrar no site, vai receber um exemplar”, destacou uma das idealizadoras da campanha, a publicitária Duda Pereira.

Para enviar o texto, basta acessar o site https://bityli.com/monte100anos. Não é necessário ser ou ter sido aluno do Monte para enviar o texto (deve conter no máximo 1 mil palavras), basta ter uma história sobre a escola para contar.

Serão selecionadas 100 histórias para serem incluídas no livro e, depois disso, elas serão revisadas para eventuais correções textuais ou adaptações. O prazo para envio está previsto para encerrar em 30 de junho.

Como ajudar

  • Qualquer pessoa pode contribuir com qualquer valor em dinheiro, doando por Pix (CNPJ 89194195000161) ou depósito ou transferência na agência 0529 (Caixa Federal), operação 013, conta poupança 00102180/8.
  • Mas também é possível contribuir com materiais, caso alguma empresa, entidade ou clube de serviço ‘adotar’ um determinado espaço que será reformado.

R$ 450 mil – é o orçamento previsto para possibilitar as reformas externas no Monte das Tabocas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes