Município mantém contratos com rede privada de Educação Infantil

-

Um assunto que gerou debates durante a última campanha eleitoral em Venâncio Aires voltou à mesa de reuniões da Prefeitura nesta segunda-feira, 5. Durante a pandemia da Covid-19 e o fechamento das escolas particulares de Educação Infantil em 2020, o governo anterior rompeu o contrato de prestação de serviço com os educandários e deixou de repassar os valores mensais correspondente às crianças que ficaram em casa.

Em 2021, repetida a situação de impossibilidade de atendimento presencial às crianças da rede pública e privada, a Prefeitura optou pela continuidade do contrato com a rede privada como forma de garantia do ensino infantil remoto e incentivo financeiro às pequenas empresas tão atingidas pela pandemia.

Serão 65 alunos de sete escolas privadas de Educação Infantil de Venâncio Aires mantidos pelo município ao custo de R$ 507,60 mensais cada um. De acordo com o secretário municipal de Educação, Emerson Henrique, o valor corresponde a 75% do custo total da vaga, referente aos valores fixos. “Buscamos desde o primeiro dia essa manutenção de contrato. Entendemos o trabalho realizado por essas escolas e comprovado no atendimento remoto às nossas crianças. Nosso jurídico também nos deu esse respaldo e conseguimos manter as vagas”, explicou.

Em nome das escolas privadas, Stefana Weiss agradeceu o esforço do Município na manutenção dos contratos, pois mais do que escolas, são pequenas empresas que passam por muitas dificuldades financeiras.

O prefeito Jarbas da Rosa destacou seu compromisso com a educação e também com as escolas privadas. “Já falávamos dessa dificuldade no último ano e foi um pedido meu que esse assunto fosse resolvido. Sabemos do excelente trabalho que vocês fazem e queremos continuar parceiros na oferta de vagas para as nossas crianças. Nossa meta agora é trabalhar para a retomada do ensino presencial assim que possível e ampliar nossa parceria”, concluiu.

Para aquisição de vagas de educação infantil na rede privada, a Prefeitura investirá aproximadamente R$ 32 mil ao mês.

Foto: Divulgação/AI Prefeitura

LEIA MAIS:

Governo do Estado e PGE vão ao STF para retomar o ensino presencial no Estado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes