Programa Cooperação na Ponta do Lápis tem sequência em Mato Leitão

-

Na última semana, representantes de Mato Leitão participaram de mais uma etapa do programa Cooperação na Ponta do Lápis, projeto sobre educação financeira promovido pela Fundação Sicredi. Na oportunidade, integrantes da Fundação Sicredi, da Cooperativa Sicredi, as assessoras pedagógicas Elisabete Penz Beuren, Isabella Pereira Carrer e Raquel Karpinski e gestores e diretores de cada uma das seis escolas que integram a iniciativa participaram de uma reunião virtual.

Da Cidade das Orquídeas, compareceram ao encontro on-line a diretora pedagógica da Secretaria de Educação, Simone Silberschlag, e a diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Ireno Bohn, Marciani Cristini Wacklawovsky, que faz parte da iniciativa. A atividade foi norteada por algumas perguntas mobilizadoras, que buscaram refletir sobre o andamento do projeto-piloto.

“O programa é um caminho real de sensibilização da comunidade escolar para alcançar o desenvolvimento integral, unindo prática e teoria e, assim, tornando possível a aprendizagem significativa”, avalia Simone. A caminhada da Emef Ireno Bohn na iniciativa que aborda a educação financeira começou no fim de março deste ano.

“Em um primeiro momento, o trabalho envolveu a comunidade escolar e, depois, ocorreu uma etapa de formação com os professores que, no decorrer dessa etapa, foram desenvolvendo com as turmas projetos relativos a essa temática, levando para a casa dos estudantes o assunto educação financeira”, explica a diretora pedagógica.

Público

O programa Cooperação na Ponta do Lápis é destinado a alunos que frequentam do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Além de Mato Leitão, participam do projeto os municípios de Vera Cruz, também no Rio Grande do Sul; Tupãssi e Paranavaí, do Paraná; Sorriso, em Mato Grosso; e Cristalina, em Goiás. Cada um deles, tem uma instituição de ensino participante. Agora, o programa terá continuidade com a realização de atividades com os estudantes.

LEIA MAIS: Emef Ireno Bohn, de Mato Leitão, participa de projeto nacional sobre educação financeira

Reflexões sobre o programa Cooperação na Ponta do Lápis

Segundo a diretora pedagógica, Simone Silberschlag, durante a reunião, que contou com a presença de participantes de outros estados, o grupo entendeu que o ponto mais significativo do projeto é o fato de ele abordar um assunto da vida real e que deve ser contemplado conforme a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para alinhar ao currículo e contribuir na vida de todos os envolvidos com a parceria das famílias.

Além disso, eles entendem que a maior conquista é o trabalho coletivo desenvolvendo um planejamento que vai ao encontro da formação integral do estudante com autonomia para constituir-se como cidadão e contribuir na sociedade através de atitudes saudáveis e uma vida financeira equilibrada. Ao mesmo tempo, o grupo avalia que o maior desafio foi o distanciamento social.

Como sugestões, além de retomar a conversa com professores que estão desenvolvendo o programa, para que eles possam dar continuidade ao projeto ao longo do ano, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto de Mato Leitão tem interesse em estender a iniciativa da Fundação Sicreedi para a Emef Santo Antônio de Pádua, que também atende estudantes na faixa etária abrangida pelo programa.

LEIA MAIS

Emef Ireno Bohn, de Mato Leitão, participa de projeto nacional sobre educação financeira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes