O número de crianças atendidas na educação infantil em Venâncio Aires cresceu 35%, em 5 anos. Os dados divulgados nesta semana, pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE/RS), integram a Radiografia da Educação Infantil de 2016 e 2017, e apontam a evolução no atendimento de crianças de até 5 anos, em creche ou pré-escola, em todo território gaúcho. Venâncio Aires é o 5º município da região com a melhor posição no ranking e, no estado, ocupa o 173º lugar.

O relatório, elaborado com base nos registros de nascimento e nas matrículas em escolas públicas e privados, indica que 65,56% das crianças venâncio-airenses já frequentam a educação infantil. A abrangência do atendimento chega a 93,69% quando fala-se em crianças entre 4 e 5 anos (pré-escola) e fica em 50,77% com relação às crianças de até 3 anos (creche).

Para a secretária municipal de Educação, Joice Battisti Gassen, os números mostram o avanço na oferta de vagas, apesar de já estarem defasados. Ela observa, por exemplo, que entre crianças de 4 e 5 anos, o atendimento já está universalizado. Desde 2016, é obrigação legal atender alunos desta faixa etária.

Foto: Juliana Bencke / Folha do MateEscolas Municipais de Educação Infantil atendem 1.523 crianças, com atendimento das 6h30min às 18h30min
Escolas Municipais de Educação Infantil atendem 1.523 crianças, com atendimento das 6h30min às 18h30min

“Não podemos afirmar que 100% das crianças desta idade estão na educação infantil, mas são mais de 99%. Há poucos casos que estão sendo tratados pelo Ministério Público, em questões que envolvem as famílias, não dependem do Município”, ressalta Joice, ao explicar que existe uma busca ativa das crianças nessa faixa etária, inclusive, no interior.

O atendimento de pré-escola ocorre nas 12 Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis), em Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) e em instituições estaduais, meio de cessão de uso das salas pelo Município.

Em contrapartida, o atendimento das crianças menores, de creche, é o que mais desafia a Prefeitura, apesar de o número de alunos de até 3 anos atendidos em escolas municipais ter aumentado cerca de 40% nos últimos 5 anos.

Atualmente, 518 crianças aguardam por vagas na educação infantil, das quais 140 já têm sido atendidas em instituições privadas, por meio de compra de vagas, por ordem judicial – são em torno de R$ 84 mil investidos, já que cada vaga custa em torno de R$ 600.

PERSPECTIVASEntre as perspectivas para amenizar a demanda estão o início do atendimento da Emei do bairro Brands, no próximo ano. As propostas de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) interessadas em gerenciar a instituição estão sendo analisadas e o processo para convênio com a entidade vencedora deve ocorrer no início de 2019.

A escola contará com 70 vagas voltadas, exclusivamente, para crianças de 4 meses a 3 anos. “A Emef Otto Gustavo Daniel Brands, que fica próxima da Emei, absorve os alunos de 4 e 5 anos, com a pré-escola, inclusive, com turno integral”, salienta Joice.

A conclusão da Emei do bairro Xangrilá é outra demanda na área. Com a obra parada e sem projeção de quando será concluída, a escola será a maior de educação infantil do município, com capacidade para 188 crianças.

“Apesar da demanda por vagas na educação infantil, há uma evolução na oferta de vagas. O Plano Nacional de Educação (PNE) fala que até 2024 teríamos que ter 50% das crianças de até 3 anos atendidas. Hoje já ultrapassamos esse percentual e vamos ampliar nos próximos anos.”JOICE BATTISTI GASSENSecretária Municipal de Educação

Mato Leitão lidera o ranking entre 23 municípios da região, com o maior percentual de atendimento na educação infantil. Na sequência, aparecem Santa Cruz do Sul, Vera Cruz, Sobradinho e Venâncio Aires.

2.153é o número de crianças atendidas pela educação infantil na rede municipal de ensino de Venâncio Aires. Além das 1.523 que frequentam Emeis, outras 630 integram turmas de pré-escola em instituições de ensino fundamental.

67%dos alunos de até 3 anos que frequentam educação infantil em Venâncio Aires são atendidos pelo Município.

82%dos alunos de pré-escola (4 e 5 anos) de Venâncio Aires são estudantes da rede municipal de ensino.

Refeições na escola e acompanhamento profissional Em atividade há 27 anos, a Emei Aloisius Paulino Algayer, do bairro Coronel Brito, é uma das maiores de Venâncio Aires, com 167 crianças. “E mesmo assim sempre tem gente procurando por vagas”, afirma a diretora da escola, Katya Celeste Landarim Berro.

A grande maioria dos estudantes é moradora do próprio bairro, e os alunos permanecem o dia todo na instituição. De acordo com Katya, às 6h30min, quando a instituição abre as portas, já tem crianças esperando. “Algumas passam até 11 horas por dia aqui e fazem todas as refeições na escola”, conta.

Para a secretária de Educação, Joice Battisti Gassen, as peculiaridades no atendimento a crianças pequenas, como as refeições e o tempo do atendimento, fazem com que seja mais difícil ampliar o número de vagas para creche. “As crianças ficam o dia todo na escola, recebem cinco refeições por dia, incluindo café da manhã, almoço e lanches. Há um custo maior para atendê-los.”

Além disso, o número de profissionais exigido para atuar com crianças de até três anos é maior do que na pré-escola. Atualmente, 167 monitores e 106 professores integram o quadro de profissionais da educação infantil do Município, além de outros funcionários. “Com os bebês, a cada seis crianças, é preciso um professor e um monitor”, exemplifica Joice.

Foto: Juliana Bencke / Folha do MateCrianças recebem cinco refeições por dia, nas Emeis, incluindo café da manhã e almoço
Crianças recebem cinco refeições por dia, nas Emeis, incluindo café da manhã e almoço

Alunos por EmeiEscola Bairro Número de alunosAloisius Paulino Algayer Coronel Brito 167Bela Vista Bela Vista 167Arco-íris Aviação 149Gente Miúda Macedo 128Passinho Seguro Cidade Nova 127Infância Feliz Santa Tecla 115Mônica Gressler 115Osmar Armindo Puthin Cruzeiro 114Frederico Reinaldo Closs União 111Yolita da Cruz Portella Brígida 111Vovô Weber Diettrich 110Pingo de Gente Battisti 109Total 1.523

Fonte: Secretaria Municipal de Educação.