Custo da obra está estimado em mais de R$ 2 milhões (Foto: Beatriz Colombelli)

Ainda nesta semana deve ocorrer a retomada das obras da Escola Municipal de Educação Infantil do bairro Xangrilá. Empresa de Lajeado venceu a nova licitação para concluir o educandário que terá capacidade para atender 188 crianças. A expetativa é de que o investimento seja concluído em até dez meses.

Desde que a obra parou, precisou ser atualizado o projeto original, que é de 2016. Foram necessários alguns ajustes e os valores foram reajustados. A obra foi paralisada com a escola 40% concluída. O custo da obra está estimado em mais de R$ 2 milhões. Quando foi projetada, o valor total previa custos de R$ 1,686 milhão.

Segundo a secretária municipal de Educação, Joice Battisti Gassen, todos os trâmites burocráticos internos para que a nova empresa assuma a obra foram vencidos. “Estamos na expectativa para a retomada desse importante empreendimento que significa, em breve, poder diminuir ou até mesmo extinguir a fila de espera de crianças que aguardam uma vaga.”

OBRA

Conforme dados técnicos da Secretaria Municipal de Educação, toda a parte de estrutura de concreto, alvenaria e reboco dos dois blocos está concluída. Metade do telhado está pronto, mas somente o bloco A está coberto. A parte hidráulica está adiantada, mas a elétrica possui somente as tubulações, sem nenhuma fiação. Já os contrapisos internos estão praticamente concluídos nos dois blocos, assim como os muros.

DISTRATO

Ainda conforme a Secretaria de Educação, o atraso na obra aconteceu, principalmente, pelo entrave relacionado à empresa anteriormente responsável pela obra e que alegou dificuldades financeiras. Sem cumprir os prazos, houve notificação e posterior distrato do contrato. Atualmente 284 crianças que estão na lista de espera por uma vaga em Emei.

ESTRUTURA

A Emei do bairro Xangrilá, localizada na esquina das ruas Albino Füss e Henrique Mylius, será a maior escola de educação infantil do município, com capacidade para atender até 188 crianças em turno integral.

Terá uma área de 1.510 metros quadrados e foi projetada no modelo Pró-Infância 1. Serão 11 salas de aula, refeitório, cozinha, lactário, sala de amamentação, área de recreação e almoxarifado.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome