Foto: Cristiano Wildner / Folha do MateWickert ficará em Brasília de segunda até quarta-feira
Wickert ficará em Brasília de segunda até quarta-feira

Os prefeitos da microrregião de Venâncio Aires viajam na próxima semana a Brasília por demandas locais, mas com atenção especial para o Hospital São Sebastião Mártir (HSSM). A meta é garantir a destinação de pelo menos R$ 300 mil para a casa de saúde. O grupo viaja na segunda-feira, 19, e a previsão de retorno é quarta-feira, 21, à noite. Estarão em Brasília Giovane Wickert (Venâncio Aires), Carlos Alberto Bohn (Mato Leitão), Carlos Gustavo Schuch (Vale Verde) e Hélio de Queiroz (Passo do Sobrado).

“A viagem estava programada para ser em duas semanas, mas tivemos que adiantar a ida, pois é entre os dias 20 e 22 que as emendas parlamentares estão sendo fechadas e comunicadas para a Casa Civil”, informa Wickert. Ele acredita ainda que a meta estabelecida para conseguir recursos, via deputados, seja possível de atingir, pois “a saúde possui as emendas impositivas”. Entre os possíveis deputados a serem consultados estão Yeda Crusius (PSDB), Sérgio Moraes (PTB) e Heitor Schuch (PSB).

Outras demandas

Enquanto estiver em Brasília, o prefeito de Venâncio também pretende dar seguimento às tratativas junto à Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (Cenec), para transferir ao Município a área em que hoje está instalada a Escola São Luís, de Vila Santa Emília. A ideia é fazer uma permuta por terreno no bairro Aviação, para criar lá um polo educacional. “Todas as vezes que estive tratando do assunto, todos da Cenec concordaram, mas o processo sempre para. Agora vou dar um ultimato. Se não agilizarem essa transferência, irei desapropriar a área em até dois meses”, garante o chefe do Poder Executivo.

Na Agência Nacional de Águas (ANA), o prefeito pretende fazer ajustes ao projeto que garantirá recursos para proteção das mais de 90 nascentes do Arroio Castelhano. A iniciativa, cadastrada na ANA pelo Instituto Gaúcho de Sustentabilidade (IGS), pode assegurar recursos para os produtores rurais que se comprometerem a proteger as nascentes do manancial com cercamento e reposição da mata ciliar. Venâncio Aires é um dos municípios pré-selecionados pela ANA para ser contemplado com recursos. Na Casa Civil, Giovane Wickert pretende agilizar a liberação de alguns recursos já garantidos para Venâncio Aires.

“Vamos tentar um aporte extra como compensação”

O prefeito de Mato Leitão, Carlos Alberto Bohn, reforçou que a ideia principal da comitiva é visitar deputados com base eleitoral na região para pleitear emendas parlamentares no custeio de serviços junto ao Hospital São Sebastião Mártir. Contatos no Ministério da Saúde não estão descartados, mas dependem do resultado dos encaminhamentos com os parlamentares gaúchos. Bohn destacou as dificuldades do hospital em manter os serviços diante da falta de repasses do governo. “Cada vez mais os municípios assumem essa conta, que só aumenta. Vamos tentar esse aporte extra até como forma de compensação”, disse.

De acordo com ele, no ano passado, Mato Leitão investiu R$ 2,7 milhões na Saúde, 18,8% da receita total de contribuições e impostos (municipais, estaduais e federais). Legalmente, o índice mínimo é de 15%. O Executivo realiza também um repasse mensal ao HSSM, que é referência para a população mato-leitoense. O valor definido no novo contrato passou para R$ 24 mil como complemento para manutenção dos serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Agenda 

Além da pauta regional da Saúde, Carlos Bohn visitará ministérios e órgãos federais para verificar o andamento de projetos de interesse de Mato Leitão. O retorno está marcado para quarta-feira à noite, dia 21.

Vale Verde e Passo do Sobrado

O prefeito de Vale Verde, Carlos Gustavo Schuch, confirmou participação na comitiva regional que vai a Brasília para pleitear recursos para o Hospital São Sebastião Mártir, com quem o município tem um convênio. “Devido à crise financeira, decidimos ir em busca de emendas e recursos que beneficiem o hospital, que é nossa principal referência”, reforçou. Outro objetivo do chefe do Executivo na Capital Federal é solicitar a liberação de recursos de projetos já cadastrados nas áreas de lazer, esporte, agricultura, obras e saúde.

Já o chefe do Executivo de Passo do Sobrado, Hélio de Queiroz, disse que está comprometido em contribuir na busca de mais recursos para o Hospital São Sebastião Mártir. “Além disso, vou fazer visitas aos deputados que fizeram parceria com Passo do Sobrado e agradecê-los pelo empenho, além de propor a eles que continuem nos auxiliando, caso sejam reeleitos”, destacou Queiroz. Ele afirmou ainda que fará uma visita ao deputado Giovani Cherini (PR/RS), que acenou com uma emenda de um caminhão ao município.