Poucas pessoas sabem, por exemplo, que o tradicional chimarrão possui mais de 190 propriedades nutracêuticas – medicinais, fitoterápicas, nutritivas. As propriedades da erva-mate integraram os debates do primeiro Congresso Brasileiro de Erva-Mate realizado ontem à tarde, no auditório do Parque Municipal do Chimarrão.O médico e pesquisador Oly Pedrinho Schwingel, foi um dos painelistas e ele abordou o tema ´Erva mate – saúde e chimarrão`. Em sua palestra, ele preparou o grupo que participa do Congresso Sul-americano que se inicia na quinta-feira, 8, em Montevidéu, Uruguai, e mostrou o quanto o Rio Grande do Sul faz em termos de pesquisas e o grupo vai repercutir isto no congresso que é próprio de cinco países sul-americanos. As outras painelistas foram a professora Bruna Pontin, Nutricionista da Unisinos; e, a doutora Denise Zaffari, do Instituto Cardiologia. Elas representaram um grupo de pesquisas denominado de Projeto Chimarrão e este grupo de pesquisas pertence ao Instituto de Cardiologia da Fundação Universidade de Cardiologia de Porto Alegre. Elas apresentaram de forma resumida os resultados das pesquisas que estamos conduzindo lá, especificamente na ingestão do chimarrão, nas propriedades, a proteção da saúde do coração dos gaúchos.

Legenda1: Oly Pedrinho Schwingel abordou o tema ´Erva-mate, saúde e chimarrão`

Legenda2: Pesquisadoras do Instituto de Cardiologia apresentaram dados das pesquisas do Instituto de Cardiologia