Hoje é comemorado o Dia Estadual do Aposentado e da Aposentada Rural, e a data está desencadeando uma série de eventos, que iniciaram em setembro e se estendem até dezembro, promovidos pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag/RS) em conjunto com os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STR´s). A diretora de Políticas Sociais da Fetag, Elisete Hintz, responsável pela Comissão Estadual de Aposentados Rurais, credita à terceira idade toda organização e força que a federação mantém ao longo de quase cinco décadas de história.

Ela disse que não se pode deixar o 5 de outubro passar em branco. A terceira idade, mesmo aposentada, segue trabalhando, participando do sindicato e garantindo a luta por novas conquistas. é por isso, reforça Elisete, que a Fetag e os sindicatos devem homenageá-los nesta data tão especial.

O presidente do STR de Venâncio Aires, Elemar Walker, lembra que a data foi instituída pelo deputado estadual, Heitor Schuch (PSB). O dirigente salienta que o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, com sua mobilização e organização ao longo dos seus 50 anos de existência, conseguiu importantes conquistas para os trabalhadores do campo. “Hoje podemos afirmar que a maior e mais significativa foi a aposentadoria rural e todos os demais benefícios previdenciários, como o auxílio-maternidade, auxílio acidente de trabalho, auxílio-doença, entre outros”, frisa. Walker acentua que esta importante conquista mudou o comportamento, hábito e costume de muitos trabalhadores rurais.

Hoje, continua Walker, a aposentadoria não é mais sinônimo de um fim de vida, mas sim, de uma nova experiência e uma maior segurança para quem já trabalhou de sol a sol durante toda a sua vida, ou ainda, para aqueles que possuem saúde para continuarem a trabalhar. Segundo o dirigente, o STR continua presente na vida dos agricultores, defendendo seus direitos e comemorando conjuntamente essa importante conquista.

Walker apresenta números que mostram que são mais de 9,2 mil benefícios previdenciários disponibilizados pelo INSS local, por mês, dos quais, em torno de 8,5 mil são de aposentadoria rural. São mais de R$ 5 milhões que circulam por mês na economia dos municípios de Venâncio Aires, Mato Leitão e Vale Verde, que é a área de abrangência do INSS e também do STR local. A maioria destes benefícios está alocada em Venâncio Aires, que tem uma área territorial maior. São R$ 69 milhões anuais que, conforme Walker, movimentam o comércio das cidades e do interior desses três municípios. “Frente ao exposto, temos muito o que comemorar. Por isso, estaremos hoje recepcionando os aposentados rurais com comes e bebes durante todo o dia, na sede do sindicato e no final do dia, faremos o sorteio de prêmios dentro da PROGRAMAÇÃO dos 50 anos do STR de Venâncio Aires”, adianta.

As homenagens aos aposentados rurais terão sequência no dia 25 de outubro, quando o sindicato realizará o 6º Encontro de Aposentados Rurais. A recepção seguida de confraternização será na seda da Associação Esportiva e Recreativa Teresinha (Aert) de Vila Teresinha. Walker antecipa que o preço do almoço será de R$ 7 para sócios e R$ 10 para não sócios. As inscrições e a venda dos cartões para o almoço serão no escritório do STR de Venâncio Aires e no escritório da extensão de base de Vale Verde. Os grupos de terceira idade devem retirar os vales no escritório do STR.

PROGRAMAÇÃO

8h30min – Recepção aos aposentados

9h30min – Pronunciamento das autoridades

10h15min – Apresentações artísticas e sorteio de prêmios dentro da PROGRAMAÇÃO dos 50 anos do STR de Venâncio Aires

11h30min – Almoço de congraçamento

13h – Programa Encontro Alegre com o comunicador Marcelo Frey

Reunião dançante com o Musical Novo Encontro