Folha está instalada na Rua Visconde do Rio Branco, 600

Há quase 48 anos em circulação, a Folha do Mate entra em uma nova fase de sua história. Diante dos desafios econômicos que assolam o país devido à pandemia de Covid-19 e também da necessidade de reinvenção para atender os avanços na área de comunicação, a Folha do Mate reorganiza sua estrutura e anuncia mudanças na circulação do jornal impresso. Em comunicado feito, inicialmente, aos funcionários da empresa, a direção anunciou que o jornal permanecerá com circulação trissemanal, com edições impressas nas terças, quintas e sábados. Neste novo cenário, a empresa aposta na aceleração da transformação digital, com a ampliação da cobertura jornalística on-line, que já ocorre em todos os dias da semana.

Desde o fim de março, quando a pandemia passou a afetar diretamente a economia e a prestação de serviços de Venâncio Aires e região, a Folha reduziu as edições impressas, de cinco para três vezes na semana. Segundo o diretor Administrativo, Ricardo Silberschlag, a empresa já tinha um planejamento estratégico para reduzir as edições impressas e focar em uma produção jornalística com maior profundidade e exclusividade. Neste cronograma também está a integração com a rádio Terra FM, programada para o mês de outubro. “Nosso compromisso com o jornalismo diário e local e também com a nossa comunidade, continua o mesmo e vai continuar forte”, garante.

Conforme Silberschlag, a pandemia e a crise que afeta os jornais impressos nos últimos anos, levou a empresa a antecipar e acelerar esta reformulação, que vem para atender uma necessidade de mercado e também um novo perfil de consumidores, cada vez mais digitais. “Este cenário já estava projetado e, agora, esta redução vem para adequar a empresa à realidade do mercado. Também vamos focar, cada vez mais, em conteúdos digitais para assinantes”, pontua.

“Estamos com uma audiência on-line cinco vezes maior do que tínhamos há um ano. Esta mudança na forma de consumir informação reforça a necessidade de ampliar nossa presença digital e, ao mesmo tempo, oferecer uma edição impressa ainda melhor, com mais qualidade, exclusividade e profundidade.”

RICARDO SILBERSCHLAG – Diretor Administrativo

Assinaturas

Segundo a gerente do setor de Assinaturas, Jéssica Vogel Odo, os planos diários serão passados para planos trissemanais, automaticamente. “O assinante que pagou o valor integral da assinatura diária receberá o número de edições proporcionalmente ao que pagou”, explica. Quem assina a modalidade trissemanal ou semanal não sofrerá nenhuma mudança de vigência e de valores.

Acesso ao site

Com essa reestruturação, os assinantes do impresso terão acesso a 100% do conteúdo do site folhadomate.com. “Para ficarmos mais perto de nossos clientes, será liberado o acesso na plataforma on-line”, anuncia. Para ter acesso, os assinantes precisam entrar em contato com a Folha para solicitar login e senha. O contato pode ser feito pelo e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 51 9388-4868.

Folha do Mate e Terra FM juntas, na mesma sede

Neste processo de remodelação dos negócios, a principal novidade é a integração da Folha do Mate e da rádio Terra FM. A partir de outubro deste ano, a emissora passará a funcionar na mesma sede da Folha, na rua Visconde do Rio Branco,600. A mudança de endereço marca, oficialmente, a unificação das empresas de comunicação.

A Terra FM passou a ser dirigida e a integrar as operações de comunicação da Folha do Mate em 12 de julho de 2018, no entanto, desde esta data, permanece no mesmo endereço, na Rua Reinaldo Schmaedecke. Com a mudança, toda a produção jornalística passa a ser integrada, acompanhando a proposta de fortalecer o jornalismo local e regional, também, no rádio FM.

Atualmente, os dois veículos já possuem diversas parcerias, entre elas, o programa jornalístico Terra em Meia Hora, apresentado de segunda a sexta-feira, na hora do meio-dia. “Com a instalação da Terra FM na sede da Folha, prevista até outubro, a redação dos dois veículos será unificada e vai potencializar o tripé de comunicação com base nos microfones de rádio e nas plataforma eletrônicas, com a informação instantânea, e o impresso, para solidificar informações que sejam importantes para a nossa audiência”, destaca Sergio Klafke, diretor de Conteúdo da Folha.

Para o diretor da Terra FM, Daniel Heck, essa mudança de local será um marco para as empresas. “A ida para o prédio da Folha do Mate tem o objetivo de consolidar essa aproximação das empresas. Seguiremos com projetos independentes, mas a união física será decisiva para novos projetos com o objetivo de beneficiar a comunidade”, destaca.
Com a mudança, o prédio da Folha passará por reformas, o que inclui alterações de setores, visando a integração dos funcionários da emissora.

“Com essa aproximação será possível qualificar e ampliar o alcance de dois veículos de comunicação líderes em seus segmentos.”

DANIEL HECK – Diretor da Terra FM

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome