Gaúchos retornam às querências com a centelha da Chama Crioula

David Musskopff e presidente do MTG Nairo Callegaro repassam as centelhas para grupamento da 24ª RT (Crédito: Divulgação)

No sábado, 17, cerca de mil cavalarianos, conforme divulgado pela organização do evento, receberam uma centelha da Chama Crioula, gerada na cidade de Tenente Portela. Depois de participar da solenidade, que dá início aos festejos farroupilhas no Rio Grande do Sul, as delegações com uma centelha retornam aos seus municípios, a cavalo, percorrendo centenas de quilômetros. DA 24ª RT

Delegação de Venâncio Aires e do Vale do Taquari acenderam seus candeeiros, a partir da Chama oficial, repassada pelo coordenador de cavalgadas, da 24ª Região Tradicionalista e integrante da Ordem dos Cavaleiros do Rio Grande do Sul (Orcav), Davi Musskopff. No ato ele representou também a coordenadora da 24ª RT, Luce Carmen da Rosa Mayer.

As delegações composta pelos CTGs Erva-Mate, Chaleira Preta, Lenço Branco e Querência da Mata, de Mato Leitão, devem percorrer entre 400 e 380 quilômetros, até a Capital do Chimarrão e das Orquídeas, respectivamente.

COM A COMITIVA

Uma das atrações da delegação, do CTG Erva-Mate, fica por conta do animal de estimação de Caio Stoll, a Isadora. Dócil e inteligente, a ‘Austrilian Catlle Dog, ou boiadeiro australiano, acompanha as cavalgadas há seis anos.

No grupo coordenado por Musskopff, que retorna ao Vale do Taquari, integra representantes dos CTGs Rincão das Coxilhas,Estância do Siqueira e Tropeiros da Amizade.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome