Geisa e Maria compraram os presentes de Dia das Crianças com antecedência. (Foto: Taiane Kussler/Folha do Mate)

Muita gente deixa para sair às compras nos últimos dias que antecedem o Dia das Crianças . Só que desta vez, é preciso ficar alerta: o feriado do dia 12 de outubro será no sábado. Quem quer garantir o presente das crianças têm apenas mais três dias.

De acordo com a gerente da Brincasa, Paula Anschau, este ano, estima-se atingir a meta de vendas de 15% a mais com o data comemorativa. Porém, os lojistas ainda aguardam o movimento, que deve se intensificar até a sexta-feira, 11. “A maioria deixa para comprar o presente nos últimos dias, diferentemente do Natal, em que as pessoas se programam com mais antecedência”, comenta a gerente.

Contudo, para que a estimativa de venda seja alcançada, a Brincasa pretende realizar estratégias para que os clientes não corram o risco de ficar sem o presente. “Pretendemos comunicar os clientes pelo WhatsApp para lembrá-los do feriado no sábado. Desta forma, eles podem se planejar para sair às compras”, salienta a supervisora da loja, Janaine Bald.

Conforme a supervisora, a maioria dos clientes vão às compras sem as crianças, para preparar uma surpresa. “Algumas crianças já escolhem o presente pelo encarte da loja, isso facilita bastante no momento da compra”, comenta Janaine. “As bonequinhas Lol, Barbie, Poli e o boneco do youtuber Lucas Neto são os brinquedos preferidos das crianças”, acrescenta a gerente.

A aposentada Maria Clari Ribeiro, 67 anos, foi à loja com a filha, a professora Geisa Ribeiro Kroth, 43 anos, para comprar o presente da pequena Manuela Ribeiro Kroth, de 6 anos. Elas preferiram ir às compras com antecedência para evitar o tumulto dos últimos dias. “Trouxemos a Manuela aqui na loja antes para ela olhar as opções e ela já me pediu de Dia das Crianças o brinquedo da Patrulha Canina. Ela me disse que estava só olhando mas que se o pedido fosse realizado, seria um grande sonho”, comenta Geisa, mãe da Manuela.

Segundo ela, as crianças costumam fazer os pedidos antes, mas assim, o presente deixa de ser uma surpresa. “Às vezes, as crianças pedem algo caro demais e os pais muitas vezes não podem dar, isso também é um problema”, completa a avó de Manuela.

Para Geisa, há várias opções de presente disponíveis nas lojas, mas é preciso fazer uma pesquisa de preço antes de adquirir o produto. “Além da minha filha, já estou comprando para as outras crianças da família, pretendo comprar tudo hoje, de uma só vez”, comenta sorrindo.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome