Glória Reck, da Escola Dois Irmãos e Greice Mattos, da secretaria de Educação, em uma das entregas do óleo saturado à Afubra (Foto: Divulgação)

Através do Programa de Coleta de Óleo Saturado, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) já atingiu a marca de 1.210.445 litros de óleo coletados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, durante os 10 anos de programa. Nesta semana, a entidade divulgou o resultado de 2019, quando 614 escolas e entidades do Sul do país repassaram 191.550 litros de óleo de cozinha para a Afubra. Deste total, 2.509 litros foram recolhidos em Venâncio Aires.

O programa, que teve início em 2009, visa o recolhimento do óleo saturado por meio de escolas e instituições parceiras, com o objetivo promover a educação e preservação ambiental. Como contrapartida, os parceiros recebem um bônus por litro coletado, cujo valor, ao fim de cada ano, pode ser trocado por mercadorias nas lojas da Agro-Comercial Afubra.

Em meio à pandemia do coronavírus, o recolhimento do óleo foi suspenso. De acordo com o gerente de Assuntos Corporativos da Afubra, Marco Antonio Dornelles, os parceiros que tiverem óleo para entregar durante este período podem entrar em contato com as lojas filiais.

Ele reforça que, as escolas e instituições parceiras que ainda não receberam os cheques-bônus, que seriam entregues na 20ª Expoagro Afubra, também podem contatar a associação. Os vales estão disponíveis na matriz e filiais e têm validade até 31 de outubro de 2020.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome