Amvarp avalia novas flexibilizações nos protocolos relacionados à Covid

-

Está prevista para hoje uma reunião da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) para definir as propostas que a região irá adotar nos protocolos variáveis de algumas atividades no Rio Grande do Sul.

Desde o último sábado, 15, quando o modelo do Distanciamento Controlado foi substituído pelo ‘3As’, o novo sistema de monitoramento da Covid no Estado, o Vale do Rio Pardo decidiu seguir todos os protocolos estabelecidos pelo Estado, já que não houve um tempo maior para analisar as flexibilizações.

Mas, entre domingo, 16, e ontem, cada Prefeitura já tem avaliado as situações e as propostas serão levadas para análise da Amvarp, junto do Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) e da Coordenadoria Regional de Saúde.

Conforme o prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa, alguns pontos já estão acordados e são relativos ao funcionamento de restaurantes. “A proposta é que restaurante sobe de 40% para 50% da capacidade e de até seis pessoas por mesa, sendo que cada um pode se servir no bufê”, explicou Jarbas, durante entrevista ao programa Terra em Um Hora, da Rádio Terra FM.

Além disso, a prática esportiva em ginásios já pode voltar, conforme autorização do Estado, mas a Amvarp também deve adotar protocolos próprios. “O Estado autorizou dois horários noturnos com intervalo de meia hora, mas os prefeitos da Amvarp querem três horários”, comentou o prefeito.

Tendência

Quanto às competições esportivas, estas precisam de autorização do Município. De acordo com o prefeito, a tendência é o Município autorizar, desde que se apresentem todos os protocolos sanitários. “O que continua obrigatório é o público. Isso não pode.”

Nos próximos dias, também há expectativa referente ao uso do Parque do Chimarrão. Nos últimos dois domingos, o local foi aberto, com acesso controlado do público e, segundo o prefeito Jarbas da Rosa, com as novas flexibilizações, é provável que parte das entidades que utilizam o Parque voltem com suas respectivas atividades.

Quanto às aulas, o decreto do Estado determina a manutenção do ensino híbrido e assim seguirá nas escolas da região.

Liberdade

O novo sistema de monitoramento do Estado deu mais autonomia para as Prefeituras lidarem com algumas situações e essa ‘liberdade’ foi bem vista pelo prefeito de Venâncio Aires. “Há quem diga que caiu tudo no colo dos prefeitos, mas temos que ter responsabilidade. E esse decreto contempla 95% das necessidades das prefeituras, principalmente ligadas às questões sociais, culturais e de esportes. Flexibilizar não é perder as rédeas e vamos continuar com a fiscalização.”

“O único caminho para a gente não perder o que conquistou, é se cuidar e evitar movimentos que piorem o cenário. Então precisamos continuar respeitando as regras e protocolos.”

JARBAS DA ROSA – Prefeito de Venâncio Aires

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes