Primeira etapa prevê asfaltamento de 500 metros (Foto: Alvaro Pegoraro)

O tão sonhado asfaltamento da rua Augusto Silveira de Moraes, o conhecido Corredor dos Gauer, está se tornando realidade. No sábado, profissionais da empresa RGS Engenharia SA, de Porto Alegre, iniciaram a colocação da camada asfáltica no trecho de 2,3 quilômetros, que liga o bairro Bela Vista ao Santa Tecla.

A obra iniciou em 22 de janeiro deste ano, com um investimento de R$ 5.263,908,60, a partir de convênio do Município com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Deste montante, R$ 4.642.807,38 serão utilizados em materiais e R$ 621.101,22 em mão de obra.

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, inicialmente será asfaltado um trecho de 500 metros. Depois, segue o trabalho de colocação do meio fio, do entroncamento com a rua Ricardo Lopes em direção a ERS-422 e, em seguida, a intenção é de retomar a colocação da camada asfáltica.

Ontem pela manhã, homens e máquinas dividiam a rua Augusto Silveira de Moraes, próximo ao Condomínio Bela Vista, em mais um dia de trabalho. A previsão é de que o asfaltamento fique pronto até o dia 22 de setembro, ou seja, em menos de um mês.

A obra

Ao todo, serão asfaltados 2,3 quilômetros. Ao longo do trecho, serão necessários investimentos em alargamento, melhorias no escoamento de água e canalização de córregos. O projeto contempla também passeio público nos dois lados da estrada.

Reivindicação pelo asfaltamento do Corredor dos Gauer existe há pelo menos duas décadas. Além de uma ligação entre os bairros Santa Tecla e Bela Vista, a rua Augusto Silveira de Moraes tem papel fundamental no anel viário do município e interliga acessos a bairros e localidades do interior do município.

Em agosto de 2018, a Câmara de Vereadores aprovou, por unanimidade, projeto que autorizava o Município a contratar crédito junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), para pavimentação da rua.

Preocupação

Morador do condomínio Bela Vista, o aposentado Jorge Pereira, 65 anos, gostou do início do asfaltamento. “Prá nós aqui está muito bom, pois terminou com a poeira. Mas e os outros”, questionou.

Pereira diz ter receio quanto ao andamento das obras. “Começaram colocar o asfalto aqui, mas será que vão fazer tudo, até o fim”?

Outro que quer solução para a poeira é o barbeiro Raul Bento, 58 anos. Morador das proximidades, disse que ele e outros moradores já se reuniram com o prefeito Giovane Wickert para pedir o asfaltamento de um trecho de 600 metros, ligando o bairro Bela Vista até a Vila Táta.

Bento explica que se trata de uma reivindicação antiga e que beneficiaria diversos moradores. “Moro aqui pertinho, mas a poeira é demais. É um trecho curto e esperamos ser atendidos”, observou.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome