Crianças fazem do barro uma brincadeira divertida e que resgata valores (Foto: Eduarda Wenzel/Folha do Mate)

Em um mundo tão tecnológico, as brincadeiras ao ar livre são vistas como algo superdivertido e diferenciado pelas crianças. Atividades antigas como pega-pega, esconde-esconde e jogos com bola são as mais tradicionais.

Também há formas de inovar com objetos e brinquedos simples, com custo baixo, e deixar que a criatividade das crianças ganhe espaço no momento de brincar. Para isso, a peça principal é a imaginação. Brinquedos que estimulem as atividades ao ar livre podem ser uma boa opção de presente de Natal.

Segundo as pedagogas Ana Maria Schimuneck e Elexandra Wagner, do Espaço Pedagógico Alçando Voo, deixar que as crianças criem suas próprias brincadeiras é essencial para o desenvolvimento social delas. Assim, elas aprendem noções de planejamento, limites e organização, sempre em grupo. O contato com a natureza também é essencial. Deixar que os estudantes possam subir em árvores, explorar e conviver com animais é muito válido de acordo com as profissionais.

Elas contam que, nesta semana, algumas crianças do turno oposto se aventuraram numa atividade com barro no local. Formaram uma confeitaria de brinquedo e colocaram preços nos doces, brincando como se tudo fosse de verdade. “Abre um leque de possibilidades para eles”, defende Ana Maria.

Objetos como pneu e corda também incentivam o uso da imaginação e são utilizados de diferentes formas pelas crianças. “Dia desses, elas estavam brincando que um era motorista de aplicativo e carregava o colega no pneu ou carrinho de mão”, conta Ana Maria.

Dicas de brincadeiras ao ar livre

– Pega-pega

– Esconde-esconde

– Caça ao tesouro

– Parkour – circuito com obstáculos

– Jogos com bola

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome