Acesso 20 de Março está recebendo as obras de passeio público (Foto: Eduarda Wenzel)

Já dá para perceber que as calçadas do município estão ficando com um visual padronizado, resultado dos três projetos para pavimentação que a prefeitura desenvolve. Os programas são o Avançar Cidades – Mobilidade Urbana, que é com recursos da União, o Badesul Cidades – agência de fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio Grande do Sul – e também o projeto da Prefeitura de Mato Leitão em parceria com os proprietários de imóveis. Ao todo, com esses projetos, o município deve pavimentar 23 mil metros quadrados de passeio público, até o fim do ano.

Conforme o prefeito Carlos Alberto Bohn, do total, cerca de 16 mil metros quadrados já estão prontos – o equivalente a 70%. Desses, 6,6 mil metros quadrados são do programa do município. “Nesse programa, priorizamos obras coletivas, em que os moradores se envolveram coletivamente e pediram as calçadas”, comenta. No mesmo plano, a prefeitura assume a elaboração do projeto, preparação da cancha, alinhamento do meio-fio e colocação dos bloquetos.

Bohn destaca que o andamento do programa do município teve sucesso, pois contou com a colaboração da população e da Secretaria de Obras, Viação e Trânsito. Portanto, o plano de calçamento deve continuar nos próximos anos. “Não queremos parar, queremos fazer o máximo possível de calçadas”, afirma Bohn.

Requerimentos

Moradores que querem a construção do passeio público devem encaminhar o pedido para a prefeitura, com assinatura de pelo menos 70% dos moradores da quadra a ser pavimentada. “Faz o requerimento, traz na prefeitura, a arquiteta faz o projeto e nós repassamos quais serão os materiais necessários, então cada grupo de moradores compra onde e como achar melhor, depois fornecemos a mão de obra”, explica o prefeito e, diz que cada rua fica na lista de espera conforme a data de solicitação.

Nos programas Avançar Cidades – Mobilidade Urbana e Badesul Cidades, os profissionais que colocam a calçada são contratados por esses projetos, pela mesma licitação das obras de asfaltamento do município. Pelo programa próprio do Município, são funcionários da Secretaria de Obras, Viação e Trânsito que fazem as calçadas.

O prefeito Carlos Alberto Bohn e o vice-prefeito Arly Sthör mostram os resultados do calçamento (Foto: Eduarda Wenzel)

Projetos

  • O projeto Avançar Cidades está em andamento com obras de infraestrutura em cinco trechos de ruas do centro: Santa Inês, Otto Bugs, João Bohn Filho e Pedro Léo Adams.
  • No projeto do Badesul, são abrangidas a Avenida Alfredo Pilz, o Acesso 20 de Março e trechos da rua Cônego Pedro Henrique Vier.
  • Paralelamente, ocorrem as obras do projeto municipal, em parceria com os moradores.

Moradores e comerciantes avaliam os resultados

Para Renê José Freitag, que é morador do centro há 17 anos, o asfalto com a calçada é uma grande conquista. “O asfalto já foi bom, mas as frentes das casas ficavam feias sem calçadas, então o calçamento melhorou mais ainda”, avalia.

Dono de um imóvel de esquina, ele conta que o valor seria ainda mais alto se fizesse particular. “Já havia orçado o calçamento, mas desisti, porque é um custo elevado para fazer tudo sozinho, assim com parcerias ficou ótimo”, salienta.

Outro ponto que, para ele, é importante, é a acessibilidade que a calçada proporciona para as pessoas, além de valorizar a casa. “Ficou excelente, bonito e fácil de manter.”

Empresário

Para Jair Cesar Schmidt, que tem comércio há 9 anos na área central, as calçadas trouxeram valorização para sua loja. “Meu vizinho trouxe o requerimento para assinar e eu logo topei, pois dá outra visão para meu comércio, fica mais bonito e acessível.”

No geral, ele observa que o município evoluiu visualmente depois de investir mais em calçamento. “O projeto auxilia os moradores financeiramente e assim mais pessoas fazem, o resultado fica muito bonitos, pois é padrão para todos”, destaca Schmidt.

Schmidt acredita que o passeio público valoriza os imóveis e estabelecimentos comerciais
Schmidt acredita que o passeio público valoriza os imóveis e estabelecimentos comerciais (Foto: Eduarda Wenzel)

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome