Feiras de peixe movimentam a cidade até sexta

-

Iniciou na tarde desta quarta-feira, 8, e segue até o meio-dia da Sexta-feira Santa, 10, as feiras de peixe organizadas pela Associação dos Piscicultores de Venâncio Aires (Apiva). As vendas estão ocorrendo em seis pontos, na Agropecuária CL, no bairro Bela Vista; na Comunidade Santa Rita, no bairro Gressler; na Feira da Cooprova, na rua Tiradentes, fundos da Prefeitura; no Bar do Porquinho, na rua Sete de Setembro; na sorveteria Maigui Bom, no bairro Battisti; e na rua Fernando Manoel Schwingel, no Comercial Franken, no bairro Santa Tecla.

Além disso, três propriedades dos piscicultores da Apiva estão comercializando os peixes de forma direta, são eles: Lauro Kist, Jair Dias de Oliveira, Mauro Goerck e Cristiano Sehn.

As feiras seguem nesta quinta-feira, das 8h às 19h; e na Sexta-feira Santa, das 8h às 12h.

Na rua Sete de Setembro o piscicultor Jair Dias de Oliveira, 40 anos, e a sogra Marileni Dias, 46 anos, estão comercializando carpas e húngaras no gelo. Oliveira tem cinco açudes em Linha Canto do Cedro e espera comercializar três mil quilos de peixes.

“Estou há 10 anos na Apiva, e há oito faço as feiras. Ano passado vendi mais de quatro mil quilos, esse ano, com a estiagem, a expectativa de venda é bem menor. Nesse ano infelizmente vai faltar peixe na cidade”, lamenta.

Na tarde desta quarta-feira, 8, Oli José Schirmann, 63 anos, garantiu o peixe da família. “Todo ano eu passo na feira e adquiro o peixe para a família. A gente faz um peixe frito, com um vinho, isso é tradição”, destaca o morador do bairro Brígida.


10 toneladas

é a quantidade de peixes que a Apiva estima comercializar neste ano.


Preço por quilo

• Carpa capim no gelo: R$ 13
• Carpa cabeça grande, húngara e prateada no gelo: R$ 10
• Carpa capim eviscerada: R$ 16
• Carpa cabeça grande, húngara e prateada eviscerada: R$ 13
• Filé de carpa: R$ 25
• Filé de tilápia: R$ 35
• Os peixes que serão vendidos congelados são: filés de tilápia e de carpa e as carpas evisceradas

Consumo de peixes registra aumento

O proprietário da peixaria da Vera, Oscar Schwingel, comenta que a expectativa de vendas para a Sexta-Feira Santa é excelente. “Nesse ano a gente observa um grande movimento que já começou na semana passada. O pessoal não está deixando para última hora”, destaca.

A expectativa da peixaria é comercializar três mil quilos de peixes, os mais vendidos são: tilápia, traíra, anjo, violinha e merluza. “A tilápia sempre está no topo do ranking porque é um peixe suave e sem espinho, além do mais é um dos peixes mais versáteis, pois dá pra fazer vários pratos.”

Tilápia é um dos peixes mais procurados na peixaria (Foto: Rosana Wessling/Folha do Mate)

“É visível o crescimento do consumo de peixes ao longo do ano. Nessa época então, nem se fala.”

OSCAR SCHWINGEL
Proprietário de peixaria


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes