Do total de 11 egressos de 2018 de Venâncio Aires, oito participaram do terceiro encontro regional. (Foto - Edemar Etges/Folha do Mate)

“Foi um ano de aprendizado que foi muito importante para mim, principalmente na questão do empreendedorismo, projeto que ainda pretendo colocar em prática”. A afirmação é da egressa de 2018 do Programa Jovens Aprendizes, na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Dom pedro II, de Linha Hansel, Raíssa Vieira, ao falar do programa desenvolvido pelo Instituo Crescer Legal, ligado ao Sindicato Interestadual das Indústrias do Tabaco (SindiTabaco). Na mesma linha, Aline Frey, também é uma das egressas do programa de 2018 e ela coloca que pelo fato de atualmente residir na cidade, ainda não está desenvolvendo o seu projeto, que é na área de produção de alimentos. Durante o programa, ela desenvolveu o projeto de pesquisa sobre o feijão e que para isso, contou com o apoio da Cooperativa de Produtores de Venâncio Aires (Cooprova). “Para mim também foi um aprendizado profissional e que pretendo colocar em prática assim que voltarmos a residir novamente na Linha Hansel, onde a família residia durante o desenvolvimento do programa na escola”, acentua.

Raíssa e Aline integraram uma turma de 11 jovens aprendizes, dos quais, oito participaram do terceiro Encontro Regional de Jovens Aprendizes Rurais, desenvolvido durante o dia de ontem pelo Instituo Crescer Legal, na sede da Associação Atlética Souza Cruz, em Linha João Alves, interior de Santa Cruz do Sul. Além delas, participaram os jovens Roberto Borba, Sandro Fernandes, Raquel Gregory, Letícia Vedoy, Vitória Kolberg e Raylson Machado.

Programa

“O Instituto já está fazendo história em dez municípios e ele foi criado para os jovens e adolescentes do meio rural destes municípios”, salientou o diretor-presidente do Instituto, Iro Schünke, ao saudar os jovens aprendizes rurais. Ele destacou o apoio e parceria das empresas associadas do Sindicato Interestadual das Indústrias do Tabaco (SindiTabaco) que mantém a entidade, da 6ª Coordenadoria Estadual de Educação (6ª CRE), das Secretarias Municipais de Educação e Conselhos de Educação dos municipais envolvidos. “Onde a educação está em pauta, eles estão presentes pois o caminho é a educação.”

Schünke solicitou aos jovens e adolescentes que aproveitem as oportunidades que são concedidas para eles nos dias de hoje e que o Instituto Crescer Legal vem exatamente dentro deste conceito de mostrar coisas para eles, o que somado ao que a escola oferece, proporciona uma condição a mais com este programa de aprendizagem profissional rural, principalmente a Gestão Rural e o Empreendedorismo. “Acompanhamos muitas histórias de superação e de conquistas e somos gratos às nossas associadas, aos parceiros e aos jovens e seus familiares, por acreditarem nessa nova proposta de aprendizagem e qualificação no meio rural.”

Projetos de vida

Após a saudação de Schünke, a programação seguiu com um bate-papo sobre responsabilidade e propósito com a participação da Dale Carnegie e de egressas do Instituto que participaram do Projeto Geração do Amanhã. Na parte da tarde, trabalhos de destaque foram apresentados pelas turmas de 2019 e os projetos de vida, realizações desde a formação profissional e o Programa ´Nós Por Elas` foram temas de troca entre os jovens egressos e atuais aprendizes.


“Este programa educa para a vida, ele abre um novo horizonte, além de ser desenvolvido com o protagonismo de vocês.”

IRO SCHÜNKE – Diretor-presidente do Instituto Crescer Legal


Saiba Mais

  1. Em torno de 250 aprendizes participaram do 3º Encontro Regional ocorrido na quarta-feira entre os atuais e os egressos.
  2. Os jovens aprendizes são oriundos de dez municípios da região.
  3. Desde que foi lançado em 2015, o Instituto formou 204 jovens no curso de Gestão Rural e Empreendedorismo do Programa de Aprendizagem Rural.
  4. Em 2019, mais de 130 meninos e meninas entre 14 a 17 anos, de sete municípios gaúchos, foram contratados via Aprendizagem Rural.
  • Programa 2020
  • Boqueirão do Leão – Emef Marins da Silva Gravina – Alto Boqueirão
  • Canguçu – Emef Carlos Solares da Silveira – Nova Gonçalves (2º distrito)
  • Cerro Branco – Emef Augusto Schultz – Arroio Bonito
  • Herveiras – Emef General Osório – Herval São João
  • Passo do Sobrado – Secretaria Municipal de Educação – Sede
  • Santa Cruz do Sul – Emef Felipe Becker – Alto Paredão
  • Sinimbu – Emef Nossa Senhora da Glória – Sede

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome