Lideranças regionais reforçam a alternativa de permuta para ERS-244

-

Integrantes do grupo ‘Destrava 244’ estiveram em Porto Alegre, na terça-feira, 22, para uma reunião com o secretário adjunto de Logística e Transportes, Luiz Gustavo de Souza, com objetivo de busca por uma alternativa para a pavimentação dos 16 quilômetros da ERS-244, que liga os municípios de Venâncio Aires e Vale Verde. O encontro ocorreu na sede do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer).

Na oportunidade, os representantes regionais reforçaram a possibilidade de permuta de uma área de horto reflorestado, localizada em São Jerônimo e de propriedade do Estado, pela obra na estrada. A Construtora Pelotense, que detém o contrato da ERS-244, manifestou interesse no horto, cujo valor estimado é de R$ 20 milhões, aproximadamente. Já a pavimentação custaria entre R$ 20 milhões e R$ 30 milhões.

O grupo ressaltou que a obra de infraestrutura é aguardada há mais de 20 anos e chegou a ter ordem de retomada em 2009, que foi suspensa no ano seguinte. No trecho, há pontes que foram ‘batizadas’ como monumentos à irresponsabilidade, pois sequer contam com as cabeceiras. Souza vai passar as informações para o secretário da pasta, Juvir Costella, que discutirá a possibilidade de permuta com o governador Eduardo Leite.

Permuta e alternativas

Coordenador do grupo, Giovane Wickert voltou a destacar que o objetivo é retomar a obra o mais brevemente possível, seja por meio de permuta ou a partir de outros recursos estaduais. De acordo com ele, mesmo que a ERS-244 não tenha sido contemplada entre os projetos de infraestrutura que serão custeados com o R$ 1,3 bilhão anunciado para obras pelo Governo do Estado, a mobilização deve ser mantida, pois há opções para garantir a pavimentação. “Penso que estamos caminhando bem”, avalia.

Wickert concorda que a permuta pelo horto de São Jerônimo é, no momento, o principal trunfo do grupo. Conforme o secretário adjunto, hoje os representantes da Construtora Pelotense e também outros empreendedores farão uma visita ao local, para conhecimento da área. “Se confirmarem o interesse, o próximo passo será a formalização de uma proposta da empresa ao Governo do Estado”, esclarece ele.

Se a permuta não vingar, o ex-prefeito de Venâncio Aires acredita que é possível pleitear junto ao governador Eduardo Leite a venda de passivos de estatais e, ainda, uma suplementação com verbas destinadas a outros programas de pavimentação. Uma terceira alternativa seria a frustração de parte do R$ 1,3 bilhão anunciado pelo Estado, no caso um remanejo para a demanda de ERS-244. “É bem provável que não haja êxito de 100% dos projetos contemplados com este recurso. Se tivermos uma frustração de 5%, já são R$ 65 milhões. Vamos seguir atentos às possibilidades. A situação está, aos poucos, evoluindo”, conclui.

“Estamos dando passos certeiros nesta caminhada. Existe a possibilidade real e próxima de retomada desta obra, que é esperada há mais de duas décadas. Me arriscaria a dizer que nunca estivemos tão perto, durante todo este tempo, de assegurar a pavimentação da ERS-244.”

GIOVANE WICKERT – Secretário estadual adjunto de Obras e Habitação

Impasse do traçado

Durante a reunião, em Porto Alegre, o prefeito e a vice de Passo do Sobrado, Edgar Thiesen e Celina Fagundes da Rosa, sugeriram a alteração do traçado original da ERS-244. Eles defenderam o trajeto pela Várzea dos Camargo e encontro com a ERS-405.

Já o prefeito de Vale Verde, Carlos Gustavo Schuch, opinou pela manutenção do traçado original, com ligação da ERS-244 ao trevo de Vale Verde. Ele lembrou que o projeto já está aprovado e basta a autorização do Estado para a retomada da obra.

O impasse em relação ao traçado ressurgiu juntamente com o retorno da mobilização pela obra. No grupo criado para acompanhamento do processo, vários integrantes já manifestaram preocupação com a situação e defendem que os integrantes devem formar um consenso.

Presenças

• Participaram da agenda na capital dos gaúchos o ex-prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert, que atualmente é secretário estadual adjunto de Obras e Habitação; o prefeito de Vale Verde, Carlos Gustavo Schuch; a vice-prefeita de Venâncio Aires, Izaura Landim; o secretário de Agricultura de Vale Verde, Emir Rosa da Silva; o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum; a deputada estadual Kelly Moraes; o deputado federal Heitor Schuch; o vereador venâncio-airense André Kaufmann; o prefeito de Passo do Sobrado, Edgar Thiesen; o diretor geral do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer), Luciano Faustino; e a vice-prefeita de Passo do Sobrado, Celina Fagundes da Rosa.

LEIA MAIS: 

Movimento ‘Destrava 244’ ganha o reforço da Assemp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes