Mais 1,1 mil economias de Venâncio já podem ligar rede de esgoto

-

Venâncio Aires está perto de atingir 2,7 mil residências com esgoto tratado. Isso porque, desde o início do ano, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) tem trabalhado na notificação de outras 1,1 mil economias que podem fazer a ligação na rede coletora.

Esses mais de mil pontos estão localizados na chamada ‘bacia 2’ das obras de esgotamento sanitário no perímetro urbano, a qual abrange, principalmente, trechos das ruas Júlio de Castilhos, Coronel Agra, Tiradentes, avenida Ruperti Filho e as respectivas transversais, entre os bairros Centro e Cidade Alta.

Segundo a encarregada das estações de tratamento de água e esgoto de Venâncio, Marta Fagundes da Silva, as obras da ‘bacia 2’ foram finalizadas pela Encosan ainda em dezembro. É a empresa de Porto Alegre que, desde 2019, tem mexido em diversos trechos e ruas para construir as redes de esgotamento junto à caixa de inspeção nas calçadas e que são ligadas à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no bairro Morsch. “As pessoas que forem sendo notificadas ou mesmo que tiverem dúvidas, podem procurar o escritório da Corsan, na rua Barão Triunfo, número 1.440. Também podem fazer contato pelo aplicativo ou ainda pelo 0800-646-6444.”

Etapas

Além desses 1,1 mil pontos ainda em fase de notificações, Venâncio já tinha 1.670 residências aptas para fazer a coleta, correspondentes à ‘bacia 1’ (bairros Centro, Morsch e União). Conforme Marta Fagundes da Silva, cerca de 80% dessa primeira parte já fizeram a ligação da rede de esgoto junto à caixa de inspeção nas calçadas.

A encarregada das estações de água e esgoto destaca ainda que falta concluir a ‘bacia 3’, entre os bairros Cidade Nova, Xangrilá e Gressler. Nessa região, serão cerca de 1,5 mil economias. Depois, ainda haverá obras nas ‘bacias 4 e 5’, em outros bairros afastados do Centro. Não há uma previsão de quando esse trabalho começa.

500 m³ – é a quantidade de esgoto processado por dia na ETE. Com a quantidade de ligações atuais, são entre 7 e 8 litros por segundo, mas a capacidade total da estação é de até 40 litros por segundo.

Instalação

Para ligar a rede, é necessário providenciar a instalação predial, também conhecida como intradomiciliar, que conecta o imóvel à caixa na calçada. Essa instalação é responsabilidade do proprietário. Quanto à cobrança do tratamento de esgoto, o valor da taxa será referente a 70% do consumo de água, ou seja, incide sobre a quantidade de metros cúbicos consumidos por cada família.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes