Mariante é um dos fundadores do Rotary Club Venâncio Aires (Foto: Arquivo FM)

Faleceu no domingo, 9, o escritor, psicanalista, professor e jornalista João Gomes Mariante, aos 102 anos. Gomes era, até então, o único fundador vivo do Rotary Club Venâncio Aires. Mariante faleceu de causas naturais.

Natural de Porto Alegre, ele é responsável pela fundação do Rotary Venâncio em 1949, entidade da qual esteve a frente como presidente em 1950, além disso, seu ingresso no Rotary Internacional se deu justamente pela participação na fundação do clube venâncio-airense. Ele também é conhecido por ter auxiliado na Construção do Centro Cultural e Biblioteca Pública Melos, de Vale Verde.

Em 2016, ao completar 99 anos, lançou o livro ‘Getúlio Vargas – O lado oculto do presidente’. Além dessa obra, Mariante também é autor de ‘Os Três no Divã: um estudo sobre Getúlio Vargas, Flores da Cunha e Osvaldo Aranha’.

O presidente do Rotary Club Venâncio Aires, João Moacir Laufer Ferreira, lamenta a perda. “Era um homem de exemplo, escritor vivaz, um douto em todos os assuntos, um médico a frente do seu tempo, em várias obras, aqui em Venâncio Aires, constam no bronze eterno, o seu nome inquebrantável”, pontua. Ferreira ainda lembrou que o companheiro não possuía dificuldades de visão ou audição. “O homem era uma máquina. Nunca tivemos um sócio como ele”, diz.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome