Móveis ergonômicos: o que são e quais as suas vantagens

-

A ergonomia é definida como o estudo científico que examina a relação entre homem e máquina, visando o equilíbrio ideal entre segurança e eficiência, assim como a maneira que um aspecto reflete diretamente no outro. A parte mecânica pode ser substituída, sem alterações de sentido, pelo termo “trabalho”.

Atualmente, a ergonomia está representada não somente nos maquinários, mas também em móveis utilizados durante o dia a dia, uma cadeira com design e conforto é um bom exemplo dessa observação.

A implementação de otimizações sobre as condições de trabalho humano, por meio de procedimentos tecnológicos e de desenho industrial, é, assim, sinônimo de aperfeiçoamento e de acréscimos produtivos.

Porém, além do auxílio efetivo e das modernas configurações, o conceito representa comodidade e qualidade de vida no ambiente de trabalho ou até mesmo em casa, por que não?

Neste artigo, você vai conferir as principais características e vantagens dos móveis ergonômicos.

  • Além de conforto, saúde

Primeiramente, a descrição mais precisa dessa alternativa de peças mobiliárias recai sobre o melhoramento adaptacional dos funcionários ao trabalho realizado, independentemente do setor.

O desenvolvimento de artefatos que proporcionam maior conforto ao ambiente corporativo engloba, evidentemente, a produção dos móveis ergonômicos. Inclusive, a implementação desses itens é um dos principais fatores externos capazes de alterar o desempenho produtivo dos profissionais.

Os objetos, porém, não atuam apenas na comodidade. Devido sua configuração planejada, sustentada em análises técnico-científicas, eles são capazes de prevenir o desenvolvimento de doenças crônicas.

Tendinite, desvios na coluna, torcicolo e acidentes no trabalho são alguns fatores dispensados pelos mobiliários ergonômicos. Além disso, por estarem confortáveis e estrategicamente alinhados, os profissionais tendem à expansão intelectual e proatividade.
Cadeiras, mesas, apoio para mãos e pés… Qualquer móvel que apresente os aspectos ergonômicos é expressão íntegra de postura correta e qualidade de vida.

  • Otimizando o ambiente

Muitas vezes, passamos mais tempo no trabalho e nas atividades que o circundam do que em nossas próprias casas. Assim, a ergonomia é fundamental para garantir conforto físico e psicológico durante a longa jornada diária.

Investir nesse método significa aplicar recursos para a saúde, satisfação e desempenho da companhia como um todo. Acréscimo nos níveis de concentração e agilidade são claramente notados, graças à minimização dos incômodos.

A otimização do ambiente deve compreender todos os âmbitos organizacionais, ponderando sobre cada uma das funções exercidas dentro da empresa. Nesse quesito, a cultura, assim como planejamentos e metas do empreendimento, devem ser considerados.

  • Montando o escritório ergonômico

Mesa

As mesas devem apresentar superfícies adequadas para comportar os materiais de trabalho. Um funcionário que utiliza apenas um notebook não necessita do mesmo espaço ocupado por outro que opera um computador, impressora, cadernos e pastas.

Formatos arredondados e ovais são boas opções para compor salas de reuniões, pois, além da facilidade de encaixar as cadeiras, o contato é mais direto e dinâmico. O formato em L, por sua vez, fornece maior praticidade, sobretudo para quem precisa de uma bancada para exercer suas atividades.

Já as mesas retangulares tradicionais são fáceis de encaixar em praticamente todas as configurações. Uma mesa ideal fica a 74 cm do chão, e suas medidas devem comportar um computador padrão, as dimensões devem ser de, no mínimo, 50 x 80 cm.

Cadeira

Compondo o item anterior, as cadeiras são fundamentais na ergonomia. Esse móvel vai depender do trabalho exercido por cada funcionário. Cadeiras com apoios regulatórios para os braços, por exemplo, são indicadas para aqueles que passam muito tempo manuseando o computador.

Em geral, as cadeiras ergonômicas devem conter um ajuste regulador de altura, assim como o apoio para a coluna. Além disso, os assentos com bordas arredondadas são os ideais, pois facilitam a distribuição do peso e a circulação sanguínea.

Apoio em 5 pés de rodízios, estabilidade, revestimento bem estofado e, se possível, amortecedores são os princípios de uma cadeira ergonômica.

Armazenamento

Auxiliando à aparência organizada do escritório, os armários, estantes e prateleiras são objetos indispensáveis. Seja para armazenar documentos, materiais de apoio ou equipamentos, o armazenamento deve seguir normas de otimização.

A caixa ideal para guardar papel, por exemplo, é a plástica branca, pela facilidade de higienização e por não manchar as papeladas. Para facilitar a busca, divisórias datadas devem separar os arquivos, mantendo-os organizados — não causando estresse com perdas e bagunça.

Armários e gavetas particulares são um ótimo investimento para o armazenamento de pertences particulares. Assim, materiais não precisam ficar sempre à mão nem espalhados pelo escritório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes