Pente-fino: Vila Rica e Municipal têm 180 túmulos abandonados

-

O anúncio da futura construção de um ossário municipal em Venâncio Aires já mobilizou muita gente no município. Como o local deve receber os restos mortais de sepulturas que foram abandonadas e cujos familiares não procuraram resolver a questão, nos últimos dois meses houve uma movimentação maior nos cemitérios.

Tanto que, de uma estimativa inicial de 250 túmulos abandonados no Vila Rica e no Municipal, a conta baixou para 180 sepulturas, as quais também podem estar sem identificação ou até irregulares. Na prática, muitas mal conservadas, que não têm flores e que se percebe que ninguém visita.

“Conforme fomos noticiando, algumas famílias dessas 250 se anteciparam e arrumaram. Então abandonados mesmo, são 180, contabilizados depois de um pente-fino dos coveiros”, informou a Secretária de Habitação e Desenvolvimento Social, Claidir Kerkhoff Trindade.

Pelo projeto de lei aprovado, caso seja identificado abandono, por falta de manutenção e limpeza, por mais de cinco anos, será aberto procedimento administrativo, determinando a notificação do familiar ou responsável, para execução dos serviços de manutenção ou para permitir a desocupação.

A família terá um prazo para resolver as pendências. A notificação será feita por carta registrada, com aviso de recebimento, ou mediante edital, publicado na imprensa, com prazo de 30 dias para cumprimento, a contar do recebimento ou da publicação.

Conforme a secretária Claidir, embora já se tenha uma contagem, as notificações ainda não aconteceram. “Ainda precisamos construir o ossário e é uma demanda para longo prazo. Vamos fazer as notificações nos próximos meses”, projetou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes