(Foto: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou, dia 25 de setembro, novo edital para o Censo Demográfico 2020. Ao todo, são 1.343 vagas para coordenador censitário subárea (CCS) e outras 1.315 para agente censitário operacional (ACO), distribuídas por 1.031 municípios brasileiros. Ambas as funções exigem nível médio completo.

No Rio Grande do Sul, são 100 vagas para CCS. Destas, apenas duas são para a região – Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires – , mas ambos os profissionais ficarão lotados em Santa Cruz.

Segundo o chefe da agência regional do IBGE, que abrange 14 municípios, Luiz Eduardo Braga, eles atuarão como gerentes regionais, coordenando os municípios. “O coordenador censitário subárea exerce uma atividade de natureza técnica em um conjunto de municípios, por isso ele precisa ter carteira de habilitação B para o deslocamento”, explica.

INSCRIÇÕES

As inscrições estão abertas até o próximo dia 15 e devem feitas no site da Fundação Getúlio Vargas, responsável pela organização do processo seletivo. A taxa de inscrição para coordenador censitário subárea é de R$ 58 e precisa ser quitada até 1º de novembro.

CONTRATO

A prova está prevista para 8 de dezembro e a remuneração mensal será de R$ 3,1 mil para coordenador censitário subárea.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Os contratados terão direito a auxílio alimentação e transporte, além de férias e 13º salário proporcionais.

O período máximo da contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho ou disponibilidade de recursos. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome