Cinco mulheres e dois homem compuseram o conselho de sentença que atuou no primeiro júri do ano na Comarca de Venâncio Aires. O réu Gilberto Fernandes Ferreira, 27 anos, foi julgado nesta terça-feira, acusado de ser o mandante de uma tentativa de homicídio contra André Rodrigo Ferreira, o Goré, que aconteceu dia 11 de maio de 2007, no bairro Gressler.

Foto: Alvaro Pegoraro / Folha do MateFerreira disse que não tinha motivos para mandar matar a vítima
Ferreira disse que não tinha motivos para mandar matar a vítima

Em plenário, Ferreira, que encontra-se preso, negou envolvimento no caso e disse que inclusive era amigo de Goré. A vítima sofreu novo atentado sete meses depois e acabou morta, em janeiro de 2009.

Segundo a acusação, feita pelo promotor Pedro Rui da Fontoura Porto, o réu foi condenado a 5 anos, um mês e dez dias de reclusão, em regime fechado. A defesa foi feita pela defensora pública Aline Lovato Teles. Os trabalhos foram presididos pelo juiz João Francisco Goulart Borges.