A noite foi movimentada na região central de Mato Leitão com o atendimento de um caso relacionado à Lei Maria da Penha. A Brigada Militar do município recebeu o chamado na rua Cônego Pedro Henrique Vier, por volta das 22h40min, onde um homem, de 55 anos, armado, havia agredido a companheira e atirado sem direção específica. A mulher fugiu da residência, com a filha, e conseguiu efetuar o chamado para a Brigada Militar.

Ao chegar no local, o acusado estava na frente da residência e efetuou dois disparos na direção dos policiais, retornando para o interior da casa. Em virtude do risco da situação, foi acionado o reforço policial e duas viaturas de Venâncio Aires e uma de Santa Cruz do Sul se deslocaram para dar suporte na ocorrência.

A equipe da Brigada Militar começou a negociação com o homem, durante o cerco o acusado efetuou mais disparos de dentro da casa. Após quatro horas no local, o homem se rendeu e foi encaminhado para atendimento na UPA, após até a Delegacia de Polícia e depois conduzido até a Penitência Estadual de Venâncio Aires (Peva). Com o homem foi apreendido um revólver calibre 38, municiado com quatro artefatos deflagrados e três intactos.