Golpe envolvendo a casa de saúde foi informado pelas redes sociais (Foto Alvaro Pegoraro)

O Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) assinou hoje contrato referente a um financiamento no valor de R$ 2,7 milhões. O empréstimo será utilizado para quitar os salários atrasados dos funcionários e ainda amortizar outras dívidas. A Prefeitura foi anuente da casa da saúde na contratação do financiamento.

Conforme a Coordenadoria de Comunicação e Marketing da Prefeitura, com apoio da Administração Municipal, a direção do HSSM conseguiu, junto à Cooperativa Sicredi, a possibilidade do empréstimo com juros pela metade, ou seja, de 1,2% ao mês, e pagamento em 36 parcelas. Com isso, a direção do hospital buscará pagar dívidas de outros empréstimos, que têm juros mais altos e buscar um reequilíbrio financeiro.

A expectativa é que a partir desta quarta-feira, 17, a casa de saúde esteja com o recurso liberado para gerir as contas. A assinatura do contrato ocorreu na manhã desta terça-feira na presença do prefeito Giovane Wickert, da procuradora jurídica do Município, Marion Kist, e do presidente do Hospital São Sebastião Mártir, Luciano Spies.

O presidente do HSSM, Luciano Spies, lembra que parte dos R$ 2,7 milhões será destinada ao abatimento de dívidas com o próprio Sicredi – financiamentos com juros mais elevados – e outro montante servirá para giro e fluxo de caixa. Salários atrasados e férias serão colocados em dia, bem como fornecedores com repasses a receber também serão contemplados. “Não é a salvação, mas dá uma boa abrandada na situação”, comenta Spies.

LEIA MAIS: Hospital São Sebastião analisa adesão a programa federal para colocar contas em dia

Para o secretário de Saúde, Ramon Schwengber, esse é mais um importante elo de parceria do Executivo com o Hospital. “Mais uma vez a Prefeitura Municipal está sendo parceira do HSSM para que, especialmente os funcionários e prestadores de serviço, tenham tranquilidade para realizar um bom trabalho no atendimento das pessoas, que é o mais importante.”

Wickert destacou que no que depender da Administração Municipal será feito o possível para que o HSSM continue operando com tranquilidade e prestando serviço de qualidade à comunidade. “O hospital é a nossa referência de saúde e sabemos que é fundamental para os moradores de Venâncio e microrregião. Estamos sempre apoiando e fazendo o que podemos legalmente para que os funcionários e os pacientes não sejam prejudicados. Aumentamos mais de 40% o valor enviado por ano para o HSSM e já antecipamos, mais de uma vez, recursos do Estado para a instituição. Não vamos deixar com que servidores fiquem sem salário e acreditamos que a direção do hospital está fazendo a melhor gestão possível frente as crises e dificuldades”.

Investimento no Hospital São Sebastião Mártir: 

Governo Federal
R$ 851.147,50 mês

Governo do Estado
R$ 352.147,50 mês

Prefeitura
R$ 713.450,98 mês

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome