Guilherme Fürts Neto: Pronto Atendimento atende a mais de seis mil pacientes ao mês (Foto Cristiano Wildner)

Um dos setores de maior movimentação no Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) é o Pronto Atendimento (PA). São em média seis mil atendimentos mensais, dos quais mais de 700 são de emergência, informou o diretor técnico do HSSM, médico Guilherme Fürst Neto. Ele participou, nesta segunda-feira, 1º, da sessão da Câmara de Vereadores, falando no espaço da Tribuna Livre. “Quase metade dos atendimentos no PA, por mês, é clínico, o que acaba demandando bastante tempo, na grande maioria das vezes. Apenas de urgência e emergência são mais de 20 atendimentos ao dia, o que é um número bastante elevado para uma cidade como a nossa”, avaliou o profissional médico.

Além disso, Fürst Neto também observou que há muitos anos o HSSM não cresce fisicamente. “Enfrentamos hoje um sério problema, que é a constante ocupação de leitos. Às vezes estamos com nossos setores cirúrgicos e clínicos lotados de pacientes que não conseguimos dar vazão e, por isso, muitas vezes ficam internados na emergência. Chegamos a ter de oito a dez pacientes internados na emergência e isso requer trabalho dobrado da equipe. Por isso, antes de começar a anteder os pacientes que aguardam antedimento na recepção, primeiro é preciso atender quem está internado”, explicou.

Além da elevada demanda mensal, no período mais frio do ano a situação é ainda pior, já que o hospital fica constantemente superlotado. Por isso, o diretor técnico reforçou ainda a necessidade da comunidade se conscientizar e procurar, com maior frequência, em casos de consultas de baixa complexidade, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Cruzeiro e as unidades básicas de saúde. “Isso garante um fluxo melhor e não causa prejuízo à saúde do pacientes”, reforçou Fürst Neto. Mais do que atender pacientes de Venâncio, o HSSM é também a casa de saúde referência para a população de Mato Leitão, Vale Verde e Passo do Sobrado.

ESTRUTURA

O hospital, fundado em 22 de julho de 1935, tem hoje uma estrutura 11 mil metros quadrados, realizando cerca de 4,2 mil atendimentos ambulatoriais mensais. A instituição conta com mais de 460 funcionários e mais de 150 médicos no seu corpo clínico. Atualmente o HSSM tem 138 leitos ativos.

1 comentário

  1. Cria outro hospital, cade o prefeito de Venâncio? Ta achando que foi eleito pra ficar visitando barzinho a noite?

    Um hospital publico para 70 mil habitantes, ridículo. Onde vai o dinheiro de Venâncio, ruas emburacadas, sem calçadas, sem praças para cachorros, crianças brincarem e idosos fazerem ginastica.

    O dinheiro de Venâncio é enfiado no bolso desses corruptos que estão na prefeitura.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome