O coordenador da Inspetoria Veterinária de Venâncio Aires, Antônio Borges Werner, lembra aos produtores rurais que expira no dia 31 de maio, o prazo para vacinação contra a febre aftosa de todos os bovinos e bubalinos de qualquer idade. Até o momento, conforme informado por Werner, inspetoria, não há o registro da falta de vacinas e deve ser atingido o índice mínimo de 85% de imunização dos rebanhos bovino e bubalino do município. No total, deverão ser imunizados 40 mil animais em Venâncio Aires e mais 5 mil em Mato Leitão.

Werner destaca que o processo de vacinação, para ser completo, além da aquisição e aplicação da vacina no rebanho, o produtor deve apresentar a nota fiscal da compra das doses de vacina nas inspetorias veterinárias ou postos da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa/RS), especificando a quantidade de animais vacinados por categoria, durante o mês de maio ou em até cinco dias úteis após o encerramento oficial da campanha de vacinação.

Nesta etapa de vacinação, informa Werner, serão doadas vacinas contra a febre aftosa aos proprietários enquadrados nos critérios do Programa Nacional de apoio à Agricultura Familiar (Pronaf) que possuírem rebanho de até 50 bovinos ou bubalinos por núcleo familiar. “Não terão direito ao benefício os produtores rurais que não tenham realizado a comprovação da vacinação em campanhas anteriores ou que não tenham pago taxas de multas”, orienta.

Mais detalhes na edição impressa de 23/05/2011