Suco de laranja com a marca Cooprova deverá estar no mercado durante o primeiro semestre de 2020. (Foto - Edemar Etges/ArquivoFM)

Depois de ter lançado feijão com marca própria, a Cooperativa de Produtores de Venâncio Aires (Cooprova) se articula para lançar, ainda no primeiro semestre de 2020, suco de citros – laranja e bergamota, com marca própria.

Um dos objetivos com o lançamento do suco de citros é evitar o desperdício de frutas nas propriedades rurais para as quais não se consegue mercado para a comercialização. Atualmente, somente um pequeno percentual é destinado para os programas governamentais como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Em quase a sua totalidade, os agricultores familiares não têm a produção direcionada para o comércio”, observa a vice-presidente da Cooprova, Mônica Moraes. Ela destaca que muitos associados da cooperativa, além das hortaliças, têm pomares com boa quantidade de laranjeiras e de bergamoteiras e, por não terem mercado para poderem colocar estas futas, estas acabam indo fora.

EMPREENDIMENTO

Mônica salienta que a ideia de lançar o suco com a marca própria surgiu durante a última Expoagro Afubra realizada no mês de março, quando a diretoria da cooperativa e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural iniciaram as primeiras tratativas com uma agroindústria familiar de sucos do município de Dois Lajeados. “Naquela oportunidade, conversamos com o proprietário e buscamos informações necessárias para colocarmos em prática esta marca de suco de citros e efetivarmos o negócio”, frisa.

Há algumas semanas, a diretoria da Cooprova visitou o empreendimento e o proprietário mostrou todo o processo de sucos, detalhou os custos para produzir um litro de suco de citros, o que vai demandar um alto custo para a implantação do projeto, pois envolve os rótulos – são necessários dois, um para cada tipo de suco -, as garrafas que serão de vidro com capacidade para um litro, até colocar o suco no mercado.

Mônica explica que a agroindústria fará a industrialização e o envase dos sucos e os associados levarão as frutas até a Cooprova, que serão transportadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural até o empreendimento. O local tem grande fluxo de produção de litros por hora e conseguirá processar uma carga por dia.

A ideia, segundo Mônica, é comercializar o suco nas feiras da cooperativa e foi feita uma negociação com o proprietário daquela agroindústria para comercializar sucos de frutas da marca dele, como de uvas brancas e pretas, de goiaba e de maracujá, o que vai reduzir os custos de processo das frutas da cooperativa.


“Estamos contando novamente com o auxílio da Administração Municipal para a efetivação do nosso projeto.”

MÔNICA MORAES Vice-presidente da Cooprova


MUNICIPALIDADE

“Fomos nós, como secretaria, que provocamos a Cooprova a investir neste projeto, assim como trabalhamos o vale-feira e o programa do feijão. Solicitamos que criassem a marca do suco pois seremos apoiadores”, afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, André Kaufmann.

Ele sugeriu à diretoria que sucos da agroindústria de Dois Lajeados sejam comercializados no mercado local para se verificar a aceitação. “Não adianta lançarmos um produto no mercado se não sabemos se vai ou não ter aceitação por parte dos nossos consumidores.”

Kaufmann salienta que este será um dos projetos que será trabalhado e apoiado pela secretaria em 2020 e que uma parte do resultado financeiro da II AgroFeira será investido para viabilizá-lo. O secretário frisa que a municipalidade se compromete em apoiar o projeto efetuando o transporte das frutas in natura até a agroindústria para industrialização e envase, trazendo na volta, o suco. Kaufmann tenciona visitar o empreendimento para tomar ciência de seu funcionamento e conhecer a estrutura, pois pretende apresentar o projeto durante o lançamento oficial da II AgroFeira, no dia 11 de dezembro.


“Vemos com bons olhos que a cooperativa aceitou o desafio e está se articulando para transformar o projeto em realidade.”

ANDRÉ KAUFMANN -Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural


FEIJÃO 

O feijão da Cooprova foi lançado em dezembro do ano passado e é processado com a parceria do município de Boqueirão do Leão.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome