Culturas de verão voltam a ser cultivadas com o tempo bom (Foto: Edemar Etges/Folha do Mate)

A melhoria do tempo possibilitou dias ensolarados e com temperaturas favoráveis à implantação e de novas áreas e retomada das principais culturas de verão. Além disso, também favorece o desenvolvimento normal de outras culturas, como o tabaco, as pastagens do rebanho bovino (corte e leite), citros e hortigranjeiros.

Segundo informado pelo chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar e engenheiro agrônomo, Vicente Fin, até o momento foram semeados 1,5 mil hectares da área do milho projetada para esta safra, que é de 12 mil hectares. Atualmente, 60% das lavouras estão na fase de desenvolvimento vegetativo, 20% em floração e 20% em enchimento dos grãos. A recorrência de precipitações aliada a temperaturas amenas tem favorecido o desenvolvimento da cultura e a presença do sol também vem favorecendo a polinização. E, 50% dos 3,5 mil hectares de milho destinada para silagem já foram plantados e a cultura se encontra nas mesmas fases de desenvolvimento daquele destinado para grão.

No tocante à soja, Fin frisa que a melhoria do tempo está permitindo o acesso dos produtores às lavouras para efetuarem o plantio, que tem uma área projetada de 3,9 mil hectares. Até o fim da semana passada, o total plantado somava 300 hectares e o agrônomo acredita que durante esta semana serão plantados mais 2 mil hectares, com os produtores encerrando o plantio na próxima semana.

O plantio do arroz no município soma 50% da área prevista de 1,8 mil hectares. As lavouras implantadas estão em desenvolvimento vegetativo. O tempo instável tem provocado atrasos na implantação da cultura, quando comparada com a evolução ocorrida na safra passada. Fin acredita que ainda nos próximos dias, os produtores também deverão concluir o plantio do cereal.

No levantamento da Emater/RS-Ascar, a cultura do feijão da primeira safra no município apresenta 200 hectares planados dos 260 estimados e as lavouras encontram-se nas fases de desenvolvimento vegetativo e de floração.

Com a diminuição da ocorrência de chuvas, começa a ser normalizado o manejo e o pastoreio em áreas mais baixas e úmidas.

PREVISÃO

As previsões do Núcleo de Informações Hidrometeorológicas (NIH) da Univates são favoráveis para os produtores implantarem as principais culturas de verão. De hoje até o domingo, a tendência é de tempo bom, havendo a possibilidade de instabilidade do tempo somente na sexta-feira, 22, voltando o tempo bom já no sábado, 23.

Para esta quarta-feira, 20, as condições do tempo pouco mudam e o sol predomina na região. Nas primeiras horas do dia, pode ocorrer a formação de nevoeiro. O amanhecer apresenta temperaturas bem agradáveis, em torno de 19ºC, já durante a tarde a sensação será de calor, alcançado os 35ºC e não chove.

A quinta-feira, 21, será de sol com nebulosidade variável, com a mínima de 21ºC e a máxima de 37ºC. A sexta-feira, 22, terá sol, nebulosidade variada com pancadas de chuva com mínima de 21ºC e máxima de 31ºC. O sábado, 23, será parcialmente nublado, com as temperatura oscilando entre os 18ºC e os 28ºC e o domingo, 24, será de sol com nebulosidade variada, com as temperatura variando entre a mínima de 19ºC e a máxima de 31ºC.

 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome