Os dois candidatos à presidência no segundo das Eleições 2014 no Brasil viveram situação idêntica nos seus estados de maior atuação. Ambos perderam o pleito nas regiões consideradas seus lares.

Embora mineira, Dilma construiu sua trajetória política no Rio Grande do Sul onde foi secretária de minas e energia do estado e da fazeda na prefeitura em Porto Alegre. Mesmo assim, não foi suficiente para garantir vitória. Ela perdeu no estado com 46,47%. Os gaúchos escolheram Aécio com 53,53% com 99,99% dos votos apurados.

Aécio era governador de Minas Gerais e por lá foi derrotado com 47,59%. Dilma venceu com 52,41% dos 99,98% votos apurados. Ela já havia vencido no estado mineiro com 43,48%.