Futura jornalista lança primeiro livro no próximo sábado. (Foto: Luiza Adorna/Divulgação)

Você já parou para pensar que todos nós podemos nos tornar seres humanos gigantes? Afinal, o que para você é ser gigante? É essa a reflexão que a autora santa-cruzense Kethlin Meurer, 23 anos, faz em seu livro de crônicas ‘Somos todos gigantes’.

A obra será lançada no dia 22, no Café Barbera, número 534, em Santa Cruz do Sul. Publicado pela editora Catarse e com capa produzida por Gabriel Renner, o livro contém aproximadamente 250 páginas e contempla 84 crônicas que tratam sobre histórias de vida, crescimento pessoal e profissional, além de reflexões sobre situações diárias. Na obra, a autora, que já atuou como repórter da Folha do Mate, busca fazer com que cada pessoa olhe para dentro de si, reconheça os seus valores e construa um convívio mais humano e do bem.

Estudante de Jornalismo da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Kethlin sempre foi apaixonada por escrever e contar histórias. “Penso que, por meio da escrita, é possível ajudar muitas pessoas que precisam de uma palavra de apoio e incentivo para a vida. Se eu conseguir fazer a diferença na vida de algumas pessoas, já me sentirei muito feliz”, comenta.

A jornalista venâncio-airense e editora da Folha do Mate, Letícia Wacholz, convidada pela autora para opinar sobre a obra, destaca: “Esse livro não é uma autoajuda, mas as palavras têm os contornos mais verdadeiros da Psicologia. Não é um conto e as narrativas transitam bem longe de uma ficção. Aqui tudo é real, é cotidiano, é 24/7. Aqui tudo oxigena a alma e pulsa no peito”.

SOBRE A AUTORA

Kethlin Nadine Meurer nasceu no dia 14 de fevereiro de 1996 e atualmente é repórter. Natural de Santa Cruz do Sul, é aquariana, apaixonada pelas palavras, pelo Jornalismo e iniciou os seus estudos no primeiro semestre de 2014 na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), onde estuda atualmente. Fez o ensino fundamental na escola Petituba e o ensino médio no Colégio Estadual Monte Alverne. Jovem, sorridente e cheia de sonhos, começou o trabalho como repórter aos 18 anos na Folha do Mate em Venâncio Aires, também em 2014, mesmo ano em que ingressou na faculdade. Permaneceu no local por aproximadamente quatro anos e no momento atua como repórter na Rádio Arauto FM e no Portal Arauto, em Santa Cruz do Sul.

Desde criança, escrever é uma das coisas que mais tem facilidade e gosta de fazer. Não demorou muito para a Kethlin falante escolher o Jornalismo. Feliz e grata pelas oportunidades da vida, ela busca, por meio da escrita, levar amor e fazer a diferença na caminhada das pessoas.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome