Foto: Arquivo pessoal / Antony e os pais, no registro antes do embarque em Porto Alegre
Antony e os pais, no registro antes do embarque em Porto Alegre

Se na Literatura uma epopeia narra as histórias grandiosas de viagens e heróis, talvez ela caiba bem para a trajetória do pequeno Antony Sackser de Mello. O menino, que nas últimas semanas foi um dos nomes mais comentados em Venâncio Aires, começou sua jornada em direção ao outro lado do mundo.

Acompanhado dos pais, Juliana Andréia Sackser e Marcos Ismael de Mello, eles embarcam na noite desta terça-feira, 29, rumo à Tailândia. De Porto Alegre seguem até São Paulo e, de lá, até Dubai. Dos Emirados Árabes, a família seguirá, finalmente, até Bangkok. A chegada no país asiático está prevista para esta quinta-feira, 31.

Antes do embarque em Porto Alegre, Juliana conversou rapidamente com a reportagem e apenas resumiu como “a mil” a expectativa para a viagem.

Serão praticamente quatro semanas longe do Brasil. Neste período, Antony ficará no Better Being Hospital (BBH) de Bangkok, onde começará diretamente o tratamento com células-tronco. A Folha do Mate continuará acompanhando a história de Antony, que tem retorno previsto para casa no dia 26 de fevereiro. Depois dessa primeira ida à Tailândia, o menino deverá ir novamente, em cerca de seis meses, ao país asiático, já que o tratamento está dividido em duas etapas.

RELEMBRETudo será possível graças à mobilização popular iniciada há cerca de um mês para arrecadar os R$ 320 mil inicialmente necessários para a viagem e o tratamento. A confirmação de todo o valor veio na semana passada, após a doação de diversas pessoas ligadas a uma empresa: R$ 443 mil. No mesmo dia, a família do menino disse que toda a sobra da campanha será repassada para o projeto da UTI Neonatal de Venâncio Aires.

O menino, que completa 4 anos em fevereiro, teve lesões cerebrais por conta de um encefalite viral, em 2017, lesão que atingiu a parte da frente do cérebro. Com a falta de oxigenação, ele perdeu a coordenação motora.

SAIBA MAIS

Mobilização quer garantir tratamento de células-tronco na Tailândia para o pequeno Antony

Doação de R$ 443 mil viabiliza tratamento do pequeno Antony

Mãe de Antony faz agradecimento pela ajuda da comunidade em prol do tratamento na Tailândia