Adelino Cell mostra uma das lâmpadas que costumam ficar acesas durante o dia (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

De cada quatro solicitações enviadas à Prefeitura de Venâncio Aires pelo aplicativo FiscaleVC, três são referentes à iluminação pública. Esta é a leitura dos números relativos aos primeiros seis meses de 2019, em levantamento feito pela Ouvidoria Municipal que considera o top 5 das reivindicações. No período, das 1.288 demandas recebidas, 956 têm relação com a iluminação. Os casos vão desde lâmpadas que ficam acesas durante todo o dia até relatos de suportes virados para cima, em virtude da ação do tempo.

Na lista das cinco solicitações que mais se repetem, situações envolvendo terrenos baldios e roçadas aparecem na segunda posição. No primeiro semestre, foram 134 pedidos de providência. Denúncias em geral (cavalos soltos, maus-tratos a animais e barulho, por exemplo) somaram 98 demandas nos primeiros seis meses. Na quarta e quinta colocações estão o recolhimento de galhos e os problemas com bueiros (estrutura quebrada, entupimento ou outras avarias), com 66 e 34 encaminhamentos no período pesquisado.

INCREMENTO

Em comparação com o mesmo período do ano passado, as demandas recebidas pela Ouvidoria, por meio do FiscaleVC, apresentam em 2019 um incremento de 18%. Foram 1.091 em 2018 e 1.288 no primeiro semestre deste ano. Das solicitações integrantes da lista do top 5, só o item relacionado aos terrenos e roçadas diminuiu de um ano para o outro (147 para 134). Todos os demais apresentaram elevação, com destaque para o recolhimento de galhos, que cresceu 46,66% (de 45 para 66 pedidos encaminhados).

“Sobre os galhos, é por conta da época do ano, que compreende as podas e serviços relacionados”, explica Marcelo Hickmann, responsável pela Ouvidoria e pelo levantamento relativo ao primeiro semestre.

Marcelo Hickmann é o responsável pela Ouvidoria Municipal (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

Hickmann esclarece ainda que existem outros dois canais oficiais para recebimento de demandas: o Serviço de Atendimento do Consumidor (SAC) e o Serviço de Informação ao Consumidor (SIC). O contato pode ser feito pelo telefone 3983-1000, número geral da Prefeitura. Na página do Município na internet (https://www.venancioaires.rs.gov.br) também há informações disponíveis para o acesso aos serviços. “As solicitações chegam pelo aplicativo Fiscale, pelo telefone e as cidadãos vêm aqui também. Algumas situações são resolvidas rapidamente, apenas com algumas orientações. Já outras demandam mais tempo, precisamos lançar no sistema e acionar as equipes responsáveis, mas todas têm atenção”, comenta.

O número total de solicitações recebidas pela Ouvidoria, nos primeiros seis meses do ano, por meio do Fiscale é 1.288. Um percentual de 18% de aumento em relação a 2018, quando o número de pedidos ficou em 1.091.

Lâmpadas acesas durante o dia

Na rua Guilherme Frederico Hübner, bairro Santa Tecla, a reportagem da Folha do Mate encontrou um exemplo de problema referente à iluminação pública. Na quadra entre a rua Jacob Becker e uma rua sem saída, moradores convivem com lâmpadas acesas durante o dia e, às vezes, sem funcionar à noite. Na manhã de quinta-feira, 8, quando a reportagem visitou o local, três lâmpadas, uma ao lado da outra, estavam acesas.

O aposentado Adelino Cell, de 72 anos, que reside bem em frente aos postes cujas luminárias ficam funcionando durante o dia, afirma que já fez contato com a Prefeitura não apenas para falar sobre a iluminação, mas também para pedir outra providência. “As lâmpadas a gente sabe que é mais difícil de resolver, porque dá problema no sistema de fotocélula e elas ficam assim. Mas temos uma coisa mais fácil de organizar, que é um pedido de uma placa sinalizando que a nossa rua é sem saída. Tem dias que uns caminhões enormes entram na via e precisam voltar de ré. Aproveito para reforçar este pedido pelo jornal”, diz.

TOP 5 

Demanda 2019 – 2018
Iluminação 956 – 782
Terrenos 134 – 147
Denúncias em geral 98 – 84
Recolhimento de galhos 66 – 45
Bueiros 34 – 33
Total 1.288 1.091

FISCALE.VC

  • O propósito do aplicativo é possibilitar mais uma ferramenta para que as pessoas possam fazer reclamações, denúncias, elogios e, ainda, repassar informações e sugestões. Pelo Fiscale.VC, a pessoa aponta as possíveis melhorias e manda uma fotografia. Os dados são encaminhadas diretamente aos responsáveis, para dar mais agilidade na solução de pedidos e execução das demandas da população.
  • O aplicativo Fiscale.VC pode ser instalado gratuitamente através do Google Play. Ele é um canal de SAC para que o cidadão possa mostrar o que precisa ser melhorado na cidade. O aplicativo é simples, de fácil uso, não gerando dificuldades para ser operado. Ao enviar a fotografia com a reclamação, haverá o acompanhamento e o cidadão será notificado através do aplicativo sobre a solução do seu caso e o tempo de espera, entre outros dados referentes à pauta enviada.
  • O aplicativo Fiscale.VC foi desenvolvido por uma empresa do município de Teutônia e Venâncio Aires foi pioneiro na região do Vale do Rio Pardo em proporcionar à comunidade mais um canal de comunicação entre a comunidade e a Prefeitura.
Na rua Guilherme Frederico Hübner, no Santa Tecla, reportagem encontrou três lâmpadas acesas, em sequência. Morador também pede que via seja identificada como sem saída (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome