Está em vigor desde esta madrugada a Operação Viagem Segura para o feriado de Páscoa no Rio Grande do Sul. O reforço na fiscalização nas estradas ocorrerá até à meia-noite de domingo. As Polícias Rodoviárias Estaduais (PRE) da região de Venâncio aires estimam que o fluxo de veículos aumente, pelo menos, 40% nesta quinta-feira.

Conforme o sargento da PRE de Taquari, Marcio Ricardo Pinto, entre às 14h de hoje e às 2h da madrugada de amanhã, o movimento nas rodovias deve ser intenso. Para controlar a velocidade, o sargento alerta que será utilizado radar móvel em pontos estratégicos da RSC – 287. Na RSC-453, também será intensificado a fiscalização com radares, conforme sargento Paulo Renato Bernardi da Silva. Os sargentos destacam que também serão realizada as abordagens de rotinas, como para coibir as ultrapassagens e a direção sob influência de álcool.O sargento do Grupo Rodoviário de Santa Cruz do Sul, Saulo Roberto Genro Filho, orienta os motoristas a não ir para as rodovias em horários de ‘pique’ – 14h e 20h-, tanto nesta quinta e sexta-feira, quanto na volta do feriado, no domingo. “Para evitar pegar muito trânsito, a gente pede para as pessoas evitar esses horários e viajar na parte da manhã, principalmente no domingo. Pessoas que tiverem como pegar a estrada apenas na segunda-feira, é o mais indicado.”

BALANçOSegundo dados da Polícia Rodoviária Federal e do Comando Rodoviário da Brigada Militar, o feriadão de Páscoa é considerado o mais violento dos feriados prolongados. No ano passado, foram 27 vítimas fatais em cinco dias de operação. Entre 2007 e 2014, a média de mortes na Páscoa é de 7,1 ao dia, enquanto a de todos os feriados fica em 6,7 mortes diárias.