Apesar dos perigos do buraco, na entrada da rua sem fim, moradores dizem que já estão acostumados (Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

Moradores que residem na rua Darci Ribeiro, no bairro Cruzeiro, entraram em contato com a Folha do Mate para reclamar de um problema grave. Sempre que chove, o chão cede e surgem grandes buracos no paralelepípedo. A Prefeitura já fez reparos, mas a cada nova chuva os buracos ressurgem, colocando em risco a vida dos pedestres e dificultando a passagem de veículos.

A rua tem uma extensão aproximada de 80 metros, onde residem uma dezena de famílias. Entre elas a de uma aposentada, de 65 anos. “Sou a moradora mais antiga daqui. Mora aqui há 55 anos”, disse a mulher, que prefere não se identificar.


“A Prefeitura já fez reparos aqui, mas pelo visto não foram bem feitos, pois sempre que chove, os buracos voltam a aparecer. Já estamos acostumas com eles”.

APOSENTADA – Moradora da Darci Ribeiro


Ela relatou que os buracos existentes no começo da rua, cruzamento com a Josefredo Metzdorf, existem há mais de um ano. “Quando dá chuva os buracos aparecem. Parece que os canos estão estourados ou tem pouca terra”, argumenta.

A aposentada explica que a Prefeitura faz os reparos rotineiros, mas salienta que, pelo visto, não são bem feitos. “Alguma coisa está errada, pois sempre que chove os buracos ressurgem. Sorte que ninguém se machucou ainda”.

A moradora menciona que para entrar na rua com seus veículos, os motorista precisam ter cuidado e desviar. “Já se acostumaram com estes buracos”, disse.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome