Panetones e outros produtos natalinos já podem ser adquiridos nos supermercados (Foto: Cassiane Rodrigues/Folha do Mate)

O valor gasto com alimentação compreende uma parcela significativa da economia doméstica e, por isso, é importante estar atento com a oscilação de preços a cada mês. Conforme levantamento mensal feito pela Folha do Mate, pelo segundo mês consecutivo está mais barato comprar os itens da lista de compras. A pesquisa foi feita em três supermercados do município na segunda-feira, 3.

A variação é de 2,54% com relação ao mês de outubro. No mês passado, era necessário R$ 261,28 para adquirir os 38 produtos da lista, já agora o valor médio ficou em R$ 254,63. Dos itens pesquisados, 16 tiveram queda, 14 aumento e 8 mantiveram os mesmos preços. As variações foram pequenas em cada produto, contudo no montante o valor foi significativo.

A queda mais expressiva foi no preço da mortadela, pois o valor médio passou de R$ 14,59 para R$ 11,26. Já o aumento mais considerável foi na carne moída, que em outubro estava R$ 24,90 o quilo e agora custa R$ 25,56 em média.

Produtos de limpeza têm mantido a mesma faixa de preço nos últimos meses, com poucas alterações. Entre os supermercados a variação foi de 5% entre o que apresentou o menor e maior valor. O preço médio para adquirir os 38 produtos é R$ 252,01 no supermercado A, R$ 262,27 no B e R$ 249,61 no C.

PESQUISA

Os itens pesquisados foram escolhidos com base na cesta da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas). Entre os 38 itens, estão os 13 itens considerados obrigatórios em uma cesta básica de alimentos, conforme o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese): arroz, feijão, farinha, carne (gado), leite, batata, tomate, pão francês, banana, café, banana, açúcar, óleo e manteiga/margarina.

Produtos natalinos começam a ganhar espaço

A pouco menos de dois meses para o Natal, já é possível ver itens tradicionais da ceia nas prateleiras. Um dos itens mais procurados, os panetones começam a ocupar diversas gôndolas dos supermercados. Segundo o responsável pelas compras do Super Lenz, Roderlei Lenz, outros produtos já foram adquiridos para as festas de final de ano. “Já estamos com tudo praticamente em estoque, só faltam chegar as aves natalinas”, afirma. Ele ressalta que nesta época são reforçados os estoques de bombons, espumantes, lentilha e farofa.

MELANCIA

Tradicional nas ceias natalinas, a melancia já pode ser vista com mais frequência nos carrinhos dos clientes. Isso porque o preço está mais em conta em virtude da estação. “Pela época conseguimos adquirir de produtores daqui, o que possibilita um preço mais acessível”, explica Roderlei. Ele ressalta que o consumo de melancia também aumenta nessa época por conta do verão. Outras frutas que também tem mais saída durante a temporada de dias mais quentes é o pêssego, ameixa e uvas.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome