“Venha participar da Romaria Jubilar de 2019. A Diocese de Santa Cruz do Sul celebra festivamente a sua 18ª Romaria Diocesana. Os motivos são numerosos: agradecer a Deus o dom da eucaristia; a romaria deste ano é especial oportunidade para celebrarmos os 60 anos da Diocese de Santa Cruz do Sul; e, é a grande oportunidade de testemunharmos a nossa unidade como povo diocesano a caminho. Você e sua comunidade são convidados especiais! Contamos com vossa presença!”.

A afirmação é do vispo Dom Aloísio Alberto Dilli, ao convidar os fiéis da diocese para a 18ª Romaria da Santa Cruz, que será realizada neste domingo, 8, em Santa Cruz do Sul.

Segundo o coordenador da Pastoral da Comunicação (Pascom) da Diocese de Santa Cruz do Sul, padre Roque Hammes, o lema da 18ª romaria é ‘Fazer isto em minha memória’, e o tema ‘Eucaristia’. O padre Roque salienta que as três motivações para romaria são: Ano da Euristia; 60 anos da diocese; e, Mês Extraordinário das Missões que será celebrado em outubro.

O padre Roque destaca que a concentração e recepção aos romeiros ocorrerá junto à igreja matriz da Paróquia Três Santos Mártires de Linha Santa Cruz, de onde sairá a caminhada em direção ao Seminário São João Bastista, onde será celebrada a missa, seguida da bênção da saúde, almoço, apresentações artística, e, bênção do Santíssimo e envio dos romeiros.

Eucaristia

Nos primeiros tempos do cristianismo, a celebração da Eucaristia começava com uma refeição entre os membros da comunidade. Progressivamente, acentua o padre Roque, a Igreja desvinculou a celebração da Eucaristia destas refeições, conservando os gestos e as palavras usadas por Jesus na úlyima Ceia e que constituem o eixo central da liturgia eucarística. “Cumpre-se, assim, a ordem de Jesus: ‘Fazei isto em memória de mim’”, prega. Com a última Ceia, observa o padre Roque, Jesus antecipou, nos sinais do pão partido e do vinho compartilhado, a entrega da sua vida na cruz (corpo e sangue), anunciando a sua ressurreição. “Em cada celebração Eucarística, a Igreja faz memória desta Ceia com tudo aquilo que ela significa: ‘Celebrando, pois a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir’”.


“Unidos com a Mãe das Dores e milhares de irmãos, seguiremos em romaria à cruz que nos identifica como cristãos.”

DOM ALOÍSIO ALBERTO DILLI –  Bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul


Ainda segundo o sacerdote, todas as vezes em que uma comunidade celebra a Eucaristia, faz memória da última refeição de Jesus antes da paixão, quando também lavou os pés dos discípulos. O mesmo gestor e as mesmas palavras pronunciadas por Jesus naquela refeição continuam a ser repetidas pelo presidente da celebração. “O mesmo significado que aquela refeição teve para Jesus e seus convidados, a Eucaristia deve ter para as pessoas que se reúnem em torno da Mesa da Eucaristia. Aquilo que a Igreja celebra sacramentalmente, cada pessoa deve realizar em sua própria vida: ‘Dei-vos o exemplo, para que também vós façais como eu fiz’” (Jo 13,15), salienta.

Diocese

O padre Roque reforça que milhares de eucaristias foram celebradas nos 60 anos da Diocese de Santa Cruz do Sul. Segundo ele, muitas pessoas se sacrificaram para acontecer a evangelização. “Na 18ª Romaria da Santa Cruz, além de fazer memória da última refeição de Jesus com os seus discípulos, também faremos memória dos acontecimentos que serviram para aproximar as pessoas de Jesus Cristo nestes 60 anos. E, sintonizados com a proposta do Papa Francisco para o Mês Missionário Extraordinário em outubro – Batizados e enviados: a igreja de Cristo em missão no mundo -, queremos reafirmar o nosso compromisso de promover “outros 60 anos de evangelização” na diocese. A memória nos impulsiona para a missão”, frisa.

Programação

8h30min – Abertura e acolhida aos romeiros em frente à igreja matriz de Linha Santa Cruz do Sul

9h – Início da procissão até o Seminário São João Batista

10h – Missa seguida de bênção da saúde e exposição do Santíssimo na capela do seminário

11h45min – Almoço e apresentações artísticas

14h – Bênção do Santíssimo e envio aos romeiros

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome