Projeto da LDO tramita agora no Legislativo de Venâncio Aires (Foto Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

Venâncio Aires projeta para 2020 uma receita de R$ 297.074.000,00. O valor consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que foi encaminhada para apreciação do Legislativo. A despesa geral apresenta um crescimento de 7,80% em relação ao projetado para 2019, passando de R$ 288.464.590,44 em 2019 para R$ 310.983.103,00 em 2020.
De acordo com a mensagem justificativa do projeto, assinada pelo prefeito Giovane Wickert, para o próximo ano é projetado um déficit próximo aos R$ 14 milhões. O valor do déficit apresentado é superior ao déficit da lei orçamentária de 2019, que foi de R$ 13.099.689,07.

“Considerando o aumento do repasse solicitado pela Câmara de Vereadores, para o exercício de 2020 de R$ 7.490.000,00 em relação ao solicitado para 2019 que foi R$ 6.820.000,00, e comparando a despesa de 2020 com a receita, já percebemos um déficit de mais de R$ 13,9 milhões no recurso próprio”, destaca Wickert.

INFLAÇÃO

Ainda de acordo com o prefeito, mesmo com crescimento da receita própria de 9,62%, não é suficiente para fazer frente ao crescimento da despesa que sofre os efeitos da inflação. O percentual de impostos próprios e transferidos destinados à saúde será aumentado para 23% em 2020. “Importante ressaltar que o percentual de impostos próprios e transferidos vinculados à manutenção e desenvolvimento do ensino ficou em 27%” diz o prefeito, na justificativa do projeto.

RECEITAS

Com relação a impostos, taxas e contribuição de melhoria é esperado arrecadar R$ 42,9 milhões, o que representa um aumento de 14,46%. Apenas para o Fundo de Previdência Social está prevista uma receita no valor de R$ 54,2 milhões e a receita orçamentária projetada pela Prefeitura está estimada em R$ 242,874 milhões.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome