Multa para quem não cumprir o Código de Trânsito

-

A partir de hoje, os motoristas que descumprirem os artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) serão multados. A informação foi dada ontem à tarde pelo capitão Ailton Pereira Azevedo, comandante da 3ª Companhia da Brigada Militar. A partir de agora, andar sem cinto de segurança configura uma infração grave, com a perda de cinco pontos no prontuário da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de 120 Ufirs.

A denominada ‘Operação Sobre Rodas’, que se inicia hoje, vai abranger todo o texto do CTB. Quer dizer que o motorista que for flagrado em desacordo com o que diz o texto do Código, será multado e poderá ter o veículo e a CNH apreendidos. “Demos um prazo que serviu de orientação para os motoristas e a partir de agora, os infratores serão notificados”, avisa o capitão Azevedo.

Segundo ele, a determinação é para que os brigadianos ajam de acordo com a Lei. Fiscais de Trânsito também têm o poder de multar quem estiver em desacordo com o que prevê o CTB.Para o capitão, a cobrança rigorosa também se dá em virtude dos recentes acidentes fatais registrados no Município. “Isso vai melhorar a segurança de quem está no trânsito”, avalia Azevedo.

A partir de hoje, o motorista que for flagrado desrespeitando a faixa de pedestre, por exemplo, poderá ser multado em 180 Ufirs (infração gravíssima), ter o direito de dirigir suspenso, além de ter o veículo retido.

Outra infração comum nas ruas de Venâncio Aires, considerada grave no CTB, é deixar de indicar com antecedência a mudança de direção. Motoristas ignoram a sinalização (pisca-pisca ou sinal manual) antes de iniciar a conversão nas esquinas. Quem for flagrado será multado em 120 Ufirs e perderá cinco pontos no prontuário da CNH.

Participar de raxas ou exibicionismo nas ruas (empinar motos ou dar cavalos de pau, por exemplo), é uma infração gravíssima que prevê multa, aumentada de três vezes.

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes