A nascente de maior vazão libera 2,4 mil litros por hora (Foto: Leandro Osório/AI Prefeitura)
A nascente de maior vazão libera 2,4 mil litros por hora (Foto: Leandro Osório/AI Prefeitura)

Dando sequência aos roteiros semanais de vistorias nas propriedades incluídas dentro do Programa Municipal de Recuperação das Nascentes do Arroio Castelhano, o prefeito Giovane Wickert e o vice-prefeito, Celso Krämer, estiveram na quarta-feira, 27, em mais dois pontos já concluídos, na Linha Arroio Grande.

Antes de chegar na primeira propriedade, já em Linha Arroio Grande, a comitiva vistoriou in loco o andamento das obras de uma nova nascente localizada na ERS-422, próximo ao campo de futebol do Palmeiras. Esta é a décima quinta nascente mapeada e inserida no programa de recuperação através de uma parceria entre Executivo, Sicredi e os clubes de Rotary de Venâncio.

Na propriedade de Amália Lúcia Metz e Osvino Schweickart, encontra-se a nascente de maior vazão. Os seus 2,4mil litros por hora, equivalente a 57,4 metros cúbicos por dia que abastecem três famílias subdivididas em duas propriedades do 5º Distrito, dando suporte nas produções agrícolas. Segundo Schweickart, “se não fosse a recuperação desse manancial nossas propriedades, nesse período de poucas chuvas, teriam passado mais dificuldades. Cultivamos aqui uma diversidade de espécies dentro da produção de subsistência, frutas e o gado de corte. Na outra propriedade, gado de leite e produção de tabaco foram afetadas pela estiagem, mas amenizadas graças a recuperação e manutenção dessa vertente natural e de qualidade”, relata.

Já na Associação Hídrica de Arroio Grande, na propriedade de Norberto Schwendler, a nascente abastece 19 famílias da região com uma vazão de 920 litros por hora. Para o Presidente da Associação, Ernane Keller, “a construção de toda base e a estrutura com uma bomba que auxilia no abastecimento de água para todas as famílias cadastradas nessa rede hídrica da região garante água de qualidade e ajuda na nossa produção. Antes era difícil a coisa”, garante.

A equipe que acompanhou as vistorias contou também com as presenças do engenheiro agrônomo e o assessor administrativo da secretaria de Meio Ambiente, Giovane Nervo e Eder Schroeder – respectivamente – e pelo chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, Vicente Fin, todos integrantes do Comitê das Nascentes do Arroio Castelhano.

LEIA MAIS: Com a recuperação das nascentes do Castelhano, água com mais qualidade

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome