Poder Judiciário volta a funcionar gradativamente, em Venâncio Aires

-

Depois de quase três meses funcionando exclusivamente no Sistema Diferenciado de Atendimento de Urgência, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Poder Judiciário voltará a funcionar gradativamente. Esta semana, o presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Voltaire de Lima Moraes, assinou resolução estabelecendo as condições para a retomada planejada e gradual das atividades presenciais no Judiciário do Rio Grande do Sul. As atividades serão retomadas a partir da segunda-feira, 15, das 13h às 19h.

O retorno gradativo das atividades terá começo, exclusivamente, através de expediente interno, entre 15 e 28 de junho, com rodízio de equipes. Nesse período, será mantida a suspensão dos prazos relativos aos processos físicos. Lima de Moraes avisa que o atendimento presencial aos operadores do Direito terá seu recomeço dia 29 de junho.

Contudo, explica o desembargador, será mantido o atendimento virtual como regra, inclusive para a realização de audiências e sessões de julgamento, adotando-se o procedimento físico apenas quando estritamente necessário. Segundo ele, o maior número possível de servidores e estagiários será mantido em trabalho remoto.

“Após este período de regime especial de trabalho, aos poucos retomaremos as atividades presenciais no Foro de Venâncio, esperando a compreensão de todos com a observância das regras sanitárias. O momento requer união e disposição para a conciliação. Com o apoio de todos, venceremos esta pandemia e voltaremos a ter uma vida normal.”

JOÃO FRANCISCO GOULART BORGES – Juiz de Direito

Nestas circunstâncias, o acesso às unidades jurisdicionais e administrativas ficará restrito aos integrantes do Ministério Público, Defensoria Pública, advogados, peritos e auxiliares da Justiça, no horário das 14h às 18h. A resolução enfatiza a permanência da limitação do acesso do público em geral às dependências das unidades judiciais e administrativas, com exceção das partes e interessados que demonstrarem a necessidade de atendimento presencial.

Com o objetivo de garantir a máxima segurança possível neste retorno gradativo, o uso de máscaras será obrigatório para o acesso às unidades jurisdicionais e administrativas do Poder Judiciário, além da medição de temperatura dos ingressantes e a descontaminação das mãos com o uso de álcool 70º.

O documento assinado pelo presidente do TJ determina que, caso seja verificado o agravamento da situação envolvendo o novo coronavírus, o juiz diretor do Foro da Comarca atingida poderá manter em vigor o Sistema Diferenciado de Atendimento de Urgência. A Comarca de Venâncio Aires é dirigida pelo juiz João Francisco Goulart Borges.

Fique atento

Para garantir a máxima segurança, as pessoas que acessarem a área física do Fórum deverão usar máscaras, medir a temperatura corporal e higienizar as mãos com álcool em gel 70º.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes